Pular para o conteúdo principal

QUEM APOIA CAMARÃO DENTRO DO PT?

Quando o deputado Henrique Lula lançou Felipe Camarão ao governo seu discurso parecia uma impertinência a ser desautorizada pelo próprio secretário.

O governo do estado já tinha pré-candidatos demais na sua base de apoio e outro nome estava sendo inventado, mas Henrique não tem nada de impertinente. Ele foi o porta-voz de uma articulação mais ampla.

Camarão confirmou a pretensão e partiu para o interior com uma caravana de petistas. Estavam lá o vice-líder do governo na Assembleia, o secretário de Direitos Humanos, a adjunta da Secretaria de Governo... seria este o momento em que finalmente o PT do Maranhão estaria unido num mesmo projeto?

O blog procurou uma série de lideranças petistas e descobriu que não é bem assim. O ex-secretário de Esportes Márcio Jardim vê no movimento um enfraquecimento do vice-governador Carlos Brandão no partido. “O presidente do PT da capital está com Weverton, na segunda cidade do estado o único vereador está com Weverton, muita gente no interior também com Weverton, isso só esvaziou o apoio a Brandão”, analisa.

Duas lideranças, que pediram para não terem suas identidades reveladas, acreditam que Camarão terminará noutra posição. “Ninguém começa se lançando candidato a vice-governador. Tem que disputar a cabeça para emplacar na vice”, afirmou um deles.

No mesmo sentido, outro dirigente lamentou que outras lideranças não tenham sido valorizadas. “Eu acho engraçado que o Palácio quer o PT na chapa, mas não quer um petista. Nunca cogitaram Zé Inácio ou Zé Carlos. Colocaram um nome de fora para segurar a legenda”, se lamenta. Ex-membro do Democratas (DEM), Camarão cogitou filiação no PSDB, no PSB e no PCdoB antes de ir para PT.

Procurado pelo blog, o deputado federal Zé Carlos disse que aguarda o posicionamento da Direção Nacional do PT.


FLÁVIO DINO

O lançamento de Camarão certamente não contrariou o governador. Tanto que Henrique virou secretário de Agricultura. Nos últimos dias, porém, os discursos de Flávio Dino têm enaltecido cada vez mais o nome do seu vice-governador.

Os bastidores políticos da Ilha dão como certa a chapa Brandão-Camarão com o apoio dos Leões.

 

DIREÇÃO NACIONAL

No caso do PT, onde se lê “Direção Nacional” leia-se “Lula”. A formação dos palanques estaduais passará diretamente pelo ex-presidente, que já demonstrou simpatia pelo nome de Weverton e vê no apoio ao senador um caminho para cristianizar Ciro Gomes dentro do PDT.

Se fosse um petista histórico, Felipe Camarão ainda correria o risco de ser rifado pela estratégia nacional. Imaginem sendo um “neo-filiado”.

 


ACORDO

O Pacto pela União, assinado no Palácio, firmou o compromisso de todos apoiarem Flávio Dino ao Senado e “buscarem um entendimento” para o governo do estado.

Não sendo possível esse entendimento, Weverton manterá o voto em Dino? Isto é assunto para outro texto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a

AS REVELAÇÕES DA FOLHA DE PAGAMENTOS DA PREFEITURA

Com alguns meses de atraso, a Prefeitura de Chapadinha publicou as primeiras folhas de pagamento da gestão da prefeita Belezinha e tem muita informação boa ali para fazer futrica, mas este espaço não se dedica a isso. Os mais afoitos defensores do governo podem ser identificados na lista com os próprios nomes ou de parentes próximos. Alguns deles já devem estar comentando este texto nas redes sociais antes de lê-lo. Não importa. São pequenos, como a maioria das boquinhas que conseguiram. E, além do mais, ninguém acreditava que eles cantavam “eles gostam da mamadinha” durante a campanha eleitoral sem saber que era exatamente disso que eles estavam em busca. É assim mesmo. A guerra no Whatsapp geralmente acontece com "mamadores" apontando "desmamados" A folha está encharcada de cabos eleitorais e ex-candidatos? Sim. Parentes de vereadores e suplentes? Também. Há ainda "anomalias curiosas", como a do Técnico em Imobilização contratado pelo Hapa com salári

DRA. THAIZA DEFENDE GOVERNADOR E COBRA ENTREGA DA UPA PARA O ESTADO

Chapadinha foi destaque na sessão de hoje da Assembleia Legislativa. Tudo começou quando a deputada Dra. Thaiza subiu à tribuna para registrar a cerimônia de inauguração do asfalto aplicado nos bairros Areal e Cohab com emendas destinadas pelo seu mandato. A parlamentar aproveitou a oportunidade para lembrar as várias ações do governo estadual no município e saiu em defesa do governador, contra os ataques feitos pela prefeita Belezinha. “São mais de R$ 4 milhões investidos todo mês na Saúde para manter o Hospital Regional. É incalculável o impacto positivo deste investimento para a região. Imaginem a quantidade de consultas, exames e internações, lembremos a procissão de ambulância que tinha de vir para São Luís. É uma injustiça absurda não reconhecer os benefícios levados a Chapadinha e região pelo governo Flávio Dino”, destacou. O deputado Paulo Neto saiu em defesa de Belezinha afirmando que o vídeo em que ela ataca o governador seria de 90 dias atrás e teria sido requentado pela