Pular para o conteúdo principal

AS REVELAÇÕES DA FOLHA DE PAGAMENTOS DA PREFEITURA

Com alguns meses de atraso, a Prefeitura de Chapadinha publicou as primeiras folhas de pagamento da gestão da prefeita Belezinha e tem muita informação boa ali para fazer futrica, mas este espaço não se dedica a isso.

Os mais afoitos defensores do governo podem ser identificados na lista com os próprios nomes ou de parentes próximos. Alguns deles já devem estar comentando este texto nas redes sociais antes de lê-lo. Não importa. São pequenos, como a maioria das boquinhas que conseguiram. E, além do mais, ninguém acreditava que eles cantavam “eles gostam da mamadinha” durante a campanha eleitoral sem saber que era exatamente disso que eles estavam em busca. É assim mesmo. A guerra no Whatsapp geralmente acontece com "mamadores" apontando "desmamados"

A folha está encharcada de cabos eleitorais e ex-candidatos? Sim. Parentes de vereadores e suplentes? Também. Há ainda "anomalias curiosas", como a do Técnico em Imobilização contratado pelo Hapa com salário de R$ 7.300,00, o Auxiliar Administrativo Classe B II que recebe R$ 7.523,79 ou, de novo, a recepcionista de R$ 5.353,50, mas aposto que há boas explicações para todos.

A transparência, exigida pela lei, não existe para expor indivíduos, como muitos destes fizeram para chegar à Prefeitura. O assunto aqui é o interesse público e é por isso que alguns pontos merecem destaque. 

A folha de pagamento total em março, último mês disponível, foi R$ 7,6 milhões (7.606.233,54). Deste valor R$ 2,1 milhões (2.199.697,57) são destinados a pagar salários de contratados e comissionados.

Chama a atenção que R$ 662 mil (662.962,19) estejam sendo usados para pagar contratados e comissionados da Secretaria de Educação sem estar havendo aula nas escolas. Isto é mais que a pesada folha de médicos, que custa R$ 591 mil (591.383,04) à Prefeitura e aponta um dos problemas estruturais mais graves que os municípios vivem no interior do Brasil.

Dos 1.029 contratados e comissionados, 680 foram admitidos já no mês de janeiro. Outros 197 entraram na folha em fevereiro e mais 152 em março. É importante destacar que ainda não temos os dados dos últimos dois meses e que dois vereadores já romperam com a base aliada da prefeita denunciando que estes cargos estariam sendo utilizados como moeda de troca para conquistar e manter o apoio dos demais.

As folhas podem ser acessadas pelo site da Prefeitura de Chapadinha clicando aqui e em seguida na opção "Serviços", conforme imagem abaixo.



De onde está vindo dinheiro para pagar esse pessoal?

Como já é tradição deste blog (desde o governo passado), acompanhamos o Demonstrativo de Distribuição de Arrecadação do Banco do Brasil e o Fundo Nacional de Saúde para recolher as informações sobre os principais repasses realizados ao município e trazemos os dados para nossos leitores.

De janeiro a maio deste ano o município recebeu R$ 40,7 milhões do Fundeb. R$ 5,9 milhões a mais do que no mesmo período do ano passado. A verba da Saúde é menor (- R$ 1,7 milhão) porque no ano passado o auxílio para enfrentar a pandemia foi maior, mas, ainda assim, essa queda é menor que o crescimento do FPM (+ R$ 3,6 milhões).


Somando as verbas acompanhadas pelo Blog, Chapadinha já recebeu R$ 8,8 milhões a mais neste ano que no mesmo período de 2020. Um crescimento nominal de 13,1%. E ainda vem o empréstimo de R$ 64 milhões! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PACIENTES E PROFISSIONAIS DA SAÚDE RELATAM COLAPSO NA UPA DE CHAPADINHA

Os últimos dias têm sido de exaustão para quem está trabalhando na linha de frente do combate à Covid em Chapadinha. Profissionais da UPA relatam que a unidade entrou em colapso, os leitos estão lotados, pacientes aguardando nos corredores e os funcionários se sentindo impotentes diante o quadro. “Imagina o que é você se doar, prestar um serviço, ver gente morrendo todo dia e as pessoas continuarem suas vidas aglomerando”, desabafou um deles em rede social. Com quadro reduzido de funcionários, os servidores buscam fazer o que é possível, mas as dificuldades estão aumentando num grau insuportável. Enquanto isso pipocam nas redes sociais fotos e vídeos de pacientes e acompanhantes denunciando os problemas que estão enfrentando, principalmente com falta de médicos para atender a demanda crescente. A escala publicada pela Prefeitura mostra o quanto tem sido exigido dos profissionais. Apenas um médico por dia, sendo ora Dr. Kingsley Ifly, que na mesma data atende no HAPA , ora o Dr. Felipe

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a

2022: NOVOS E ANTIGOS NOMES ARTICULAM CANDIDATURAS À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA EM CHAPADINHA E REGIÃO

Políticos e jornalistas só pensam naquilo: a próxima eleição. Os mandatos dos prefeitos eleitos no ano passado mal começaram e os grupos políticos já se preparam para medir forças na disputa pelas cadeiras dos deputados estaduais do Maranhão. Vejamos a situação dos principais nomes olhando a briga: Aluizio Santos : O articulador político do governo municipal não esconde sua pretensão e usa a mini-prefeitura instalada no antigo comitê de Belezinha para preparar sua pré-candidatura. Principal liderança do PL na região, Aluizio conta com a simpatia do deputado federal Josimar de Maranhãozinho e, segundo seus aliados, de 80% do grupo da prefeita. Projeta-se que ele partiria, em Chapadinha, dos 12.400 votos que Belezinha teve em 2018. Karoll Pontes : Carismática, a primeira-filha também é cogitada para a disputa. Teria quase todas as vantagens de Aluizio, além da simpatia do eleitor evangélico e uma relação inquebrantável com a mãe prefeita. Filiada ao antigo PRB, é mais próxima ao vice