Pular para o conteúdo principal

VEM AÍ AS PRIMEIRAS PESQUISAS ELEITORAIS E NÓS JÁ SABEMOS O RESULTADO

Esta semana será movimentada pela provável divulgação de duas pesquisas eleitorais em Chapadinha, dos institutos DataM e Escutec, e o nervosismo já toma conta de quem achava que a eleição estava decidida. O resultado será uma briga entre os grupos políticos para descredibilizar uma, outra ou as duas. 



A pesquisa da Escutec foi contratada pela JG Midia, Assessoria, Consultoria e Eventos. A empresa foi aberta no dia 30 de julho deste ano com capital social de R$ 5.000 e já contratou a pesquisa no valor de R$ 8.000

Segundo o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, o telefone de contato a empresa é o mesmo do blogueiro James Galvão, irmão do coordenador de campanha de Belezinha, Peres Galvão. O blog tentou contato com o número antes da publicação da matéria, a mensagem foi visualizada, o conteúdo não foi desmentido, mas depois da matéria ir ao ar o blogueiro utilizou-se do mesmo número de telefone para negar a propriedade da empresa em grupos de Whatsapp. O endereço eletrônico registrado é "contato@portalJG.com.br", do PortalJG e o endereço físico é no Residencial Primavera Turu, Rua E, Nº 9.


Já a pesquisa da DataM foi contratada por um blogueiro sem atividade política em Chapadinha. Trata-se de Alpanir Mesquita, de Vargem Grande, com forte atuação em São Luís e próximo a deputados estaduais e costumam acompanhar a dinâmica política de vários municípios.



Ainda assim, os apoiadores de Belezinha estão tentando tirar credibilidade da DataM antes mesmo do resultado. Para isso, apontam que no seu registro constam os bairros Vila Samara e São Lourenço. Acontece que a DataM já realizou consultas eleitorais em dezenas de município nesta campanha e é comum que aconteçam erros de digitação no preenchimento de alguma formalidade, mas se isso servir para cancelar a pesquisa deve-se observar que a data de término da pesquisa Escutec é 30 de outubro! Levando à risca o critério da turma que está nervosa, a pesquisa deles só poderia ser divulgada no mês que vem.

 

QUESTIONÁRIO ULTRAPASSADO

Se a pesquisa Escutec não é antiga, quem formulou o seu questionário anda muito desatualizado do cenário político de Chapadinha. No único cenário estimulado pesquisado o instituto incluiu os nomes do vice-prefeito Talvane Hortegal e da candidata a vereador Mônica da Saúde.


O questionário da DataM é mais amplo. Pergunta-se pela avaliação dos governos federal, estadual e município, a intenção de voto para prefeito e vereador, a rejeição dos candidatos, a expectativa de vitória de cada um, a possibilidade de mudança de voto e a perspectiva para a sucessão estadual em 2022.


Em que pese o fato da pesquisa DataM restringir-se à zona urbana, ela é quem poderá dar uma melhor ideia de como a dinâmica eleitoral tem evoluído em Chapadinha.

 

RECORDAR É VIVER

A pesquisa que apontava vitória de Belezinha em 2016 espalhada na cidade de madrugada

Em 2016 a então prefeita Belezinha reagiu às pesquisas que apontavam sua derrota espalhando de madrugada o resultado de uma pesquisa contratada por pessoas próximas que lhe mostrava a frente dos adversários.

A artimanha foi denunciada, Belezinha acordou com a Polícia Federal (foto) na sua porta investigando o caso, 12 horas depois a Justiça Eleitoral mandou suspender a divulgação e alguns dias depois as urnas confirmaram sua derrota.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DE NOVO: BELEZINHA TENTA COMPRAR CANDIDATO A VEREADOR E É DENUNCIADA À POLÍCIA

Dinheiro entregue à Polícia Festejada nas redes sociais pela ex-prefeita Belezinha e seus partidários, a adesão do candidato a vereador Lucídio se revelou mais um escândalo que abuso de poder econômico. Anúncio de adesão pela manhã Horas depois do anúncio, Lucídio registrou Boletim de Ocorrência acusando a coligação adversária de lhe ter entregado R$ 5 mil para ele se deixar fotografar ao lado da candidata e apoiá-la. Ao registrar o BO, o candidato apresentou aos policiais o valor que lhe foi entregue, e áudios das conversas entre ele e intermediários da ex-prefeita. Num deles o conhecimento da candidata sobre as negociações é confirmado. A versão foi confirmada por uma testemunha que presenciou a entrega do dinheiro. Após perícias as provas deverão ser encaminhadas para o Ministério Público Eleitoral e nova denúncia de abuso de poder econômico deve ser apresentada contra a candidata. Denúncia feita à tarde Belezinha responde no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ação semelhante p

PACIENTES E PROFISSIONAIS DA SAÚDE RELATAM COLAPSO NA UPA DE CHAPADINHA

Os últimos dias têm sido de exaustão para quem está trabalhando na linha de frente do combate à Covid em Chapadinha. Profissionais da UPA relatam que a unidade entrou em colapso, os leitos estão lotados, pacientes aguardando nos corredores e os funcionários se sentindo impotentes diante o quadro. “Imagina o que é você se doar, prestar um serviço, ver gente morrendo todo dia e as pessoas continuarem suas vidas aglomerando”, desabafou um deles em rede social. Com quadro reduzido de funcionários, os servidores buscam fazer o que é possível, mas as dificuldades estão aumentando num grau insuportável. Enquanto isso pipocam nas redes sociais fotos e vídeos de pacientes e acompanhantes denunciando os problemas que estão enfrentando, principalmente com falta de médicos para atender a demanda crescente. A escala publicada pela Prefeitura mostra o quanto tem sido exigido dos profissionais. Apenas um médico por dia, sendo ora Dr. Kingsley Ifly, que na mesma data atende no HAPA , ora o Dr. Felipe

EXPOSTA A MÁQUINA DE COMPRA DE APOIOS DE BELEZINHA

Quem dizia que já estava com a eleição decidida abriu a carteira para tentar vencer na força do dinheiro.  O Blog do Alexandre Pinheiro publicou uma séria de mensagens e áudios envolvendo personagens da campanha da ex-prefeita Belezinha que explicam as últimas declarações de apoio à candidata. Leia aqui a matéria. Só sorrisos Denunciada à Polícia por ter tentado comprar o apoio do candidato a vereador Lucídio Santos por R$ 5 mil, Belezinha tem alegado ter sido alvo de uma armação, mas os diálogos expostos agora comprovam que a iniciativa de negociar com ele partiu de um dos seus partidários presente na foto que anunciava a adesão de Lucídio. (Áudios no final deste texto) Nos áudios o candidato chega a descartar a possibilidade de acordo (vídeo 1), mas o articulador Aluízio Santos insiste em conversar pessoalmente e noutro momento Lucídio aparece agradecendo a Shicleiton Sousa (vídeo 2) pelos R$ 5 mil posteriormente entregues à Polícia. Sem imagens e com áudio de pouca qualidade,