Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2020

CIÊNCIAS CONTÁBEIS E SERVIÇO SOCIAL RECONHECIDOS PELO MEC

Foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (24) a Portaria nº 181 do Ministério da Educação reconhecendo os cursos de graduação em Ciências Contábeis e em Serviço Social da Faculdade do Baixo Parnaíba (FAP). 
Com a portaria, o MEC atesta que os cursos estão cumprindo os requisitos legais e seguindo o que foi estabelecido nos Projetos Pedagógicos dos referidos cursos que geraram suas autorizações. Uma comissão de técnicos do Ministério esteve em Chapadinha no final do ano passado para fazer esta avaliação in loco e conversaram com professores, alunos, funcionários e membros da comunidade externa antes de recomendar o reconhecimento.
A Diretora de Ensino da Instituição, Prof.ª Nony Braga, comemora a decisão. “Mais uma demonstração que a FAP trabalha para formar bons profissionais com qualidade no ensino e a garantia jurídica da validade dos nossos diplomas. Já são 15 anos honrando esses compromissos”, lembra a professora.
A FAP aguarda em breve novo reconhecimento de Ad…

BELEZINHA VIRA PRIMEIRA SUPLENTE DO CHAPÃO

A principal chapa de apoio ao governador Flávio Dino na disputa pelas cadeiras na Assembleia Legislativa elegeu 26 das 42 vagas do parlamento estadual, mas os três primeiros suplentes (Edivaldo Holanda, Ariston e Zito Rolim) já exerciam o mandato nas vagas de Márcio Honaiser, Marcelo Tavares, Ana do Gás, que compõem o secretariado do governador.
Com o falecimento do deputado Zé Gentil, vítima da Covid-19, Edivaldo Holanda foi efetivado no cargo e foi aberta vaga para a suplente seguinte, a deputada Valéria Macedo.
Agora a ex-prefeita Belezinha se tornou a mais votada da coligação fora da Assembleia. Além de ser a pré-candidata favorita ao comando da Prefeitura de Chapadinha, ela pode contar com as pré-candidaturas de Detinha, Duarte Jr, Neto Evangelista e Dr. Yglésio em São Luís, Adelmo Soares em Caxias e do Professor Marco Aurélio em Imperatriz como possíveis caminhos para chegar à Assembleia caso o TSE a impeça de disputar por aqui.

Chapadinha atinge aparente platô

Apesar de já ter tido percentual melhor de pacientes curados, Chapadinha já encosta na marca de 1.000 pessoas que tiveram Covid-19 e estão curadas. Mais do que a mínima queda no número de ativos com a doença entre os boletins de ontem e de hoje (de 696 para 693), a melhor notícia é que a quantidade de suspeitos parece ter atingindo uma estabilidade. Eram 2.082 no dia 10 de junho, hoje são 2.089. Os confirmados seguem crescendo em ritmo muito menor do que já foi e o aumento da quantidade de leitos nos dá alguma tranquilidade para monitorar as consequências nas medidas de relaxamento tomadas pela Prefeitura. Espero não precisar lembrar que continua se tratando de uma doença de fácil contaminação, para qual não temos anticorpos, nem vacinas, nem remédios e que o isolamento social possível deve ser mantido, né?

SUBNOTIFICAÇÃO ALARMANTE

Depois de dois dias sem boletim epidemiológico, a Prefeitura informa que o número de casos confirmados de Covid em Chapadinha chegou nesta segunda-feira a 1.369 (5,4% mais do que na sexta-feira), bem abaixo do que se esperava. Uma análise mais aprofundada dos dados, porém, nos mostra que esta não é uma boa notícia. Os casos confirmados crescem dependendo da quantidade de testes sendo realizados (as linhas azuis no gráfico se acompanham "quase paralelamente"). Desde sexta-feira foram 115 testes no município. Destes, 71 tiveram resultados positivos (62%) e 44 resultado negativos. Já a quantidade de casos suspeitos, que cresce sem pedir licença para a capacidade de testagem das Prefeituras, saltou de 1.557 para 1.805, um aumento de 15,9% de sexta-feira para cá. Se a média de 62% de positivos for mantida para estes suspeitos, Chapadinha teria, na verdade, 2.483 (DOIS MIL QUATROCENTOS E OITENTA E TRÊS) casos confirmados de Covid-19. Parem de achar que está tudo bem, não está. O …

"O ideal é parar tudo", aconselha professor da UFMA sobre reabertura em Chapadinha

O professor Cláudio Gonçalves concedeu entrevista hoje ao Blog do Braga sobre a possibilidade de reabertura antecipada de atividades econômicas no Brasil de maneira geral e em Chapadinha mais especificamente.
Ao contrário do que se especula, o professor Cláudio afirma que o ideal seria um “lockdown” de 14 ou 15 dias para frear o número de casos de Covid-19 no município antes de realizar a reabertura, de acordo com um planejamento que parece não haver.
Biólogo com doutorado, Cláudio é professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) no campus de Chapadinha. Confira a íntegra da entrevista no vídeo abaixo:

PROCESSO DE BELEZINHA COM NOVO RELATOR NO TSE

O processo que a ex-prefeita Ducilene Belezinha responde no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por abuso de poder econômico nas últimas eleições municipais tem novo relator designado.
Com a assunção do ministro Luís Roberto Barroso à presidência da Corte o relatório fica sob a responsabilidade do também ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, que foi empossado como ministro efetivo do TSE na noite de hoje no lugar da ministra Rosa Weber.



O TSE tem sete membros titulares e é composto ainda pelo ministro do STF Luís Edson Fachin, os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Og Fernandes e Luís Felipe Salomão e ainda os juristas Tarcísio Vieira e Sérgio Banhos.
Os mandatos de Edson Fachin e Og Fernandes se encerram no mês de agosto, tornando o resultado final do julgamento que envolve a política chapadinhense ainda mais incerto.

CHAPADINHA: Principais receitas crescem 15% de janeiro a maio

Sem apresentar nenhum número que embase o argumento, o prefeito de Chapadinha voltou a falar na última sexta-feira em queda “nas arrecadações” ao anunciar o pagamento dos servidores efetivos (a exceção da Secretária de Saúde).
Ao encerrar o mês de maio, podemos comparar o volume de recursos recebido pelo município de Chapadinha desde janeiro em comparação com o mesmo período de anos anteriores e o quadro geral não apresenta essa “queda nas arrecadações” nas principais verbas. Veja a tabela:
Na preterida Saúde, o município recebeu R$ 12,1 milhões nestes cinco meses. Um aumento expressivo de 46,7% em comparação ao período em 2019. A volatilidade dos recursos da Saúde no gráfico se dá pelos recursos extras enviados pelo governo federal para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 e emendas parlamentares destinadas ao município nos últimos anos.
O crescimento também se apresenta no Fundeb, principal verba da Educação. Os R$ 35,2 milhões recebidos até agora são 16,1% a maiores que no an…