Pular para o conteúdo principal

Prefeitura com mais verbas, contratados ainda sem salário


Apesar da crise de saúde pública, o município de Chapadinha continua recebendo recursos do governo federal para manter os salários em dia. Esta é a conclusão que chegamos ao analisar os números disponíveis no Demonstrativo de Distribuição de Arrecadação do Banco do Brasil.

O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) transferiu para os cofres da Prefeitura mais de 25 milhões de reais (R$ 25.428.087,96) nos quatro primeiros meses do ano. A cifra é 17,09% maior do que o valor recebido no mesmo período de 2019, que já apresentava crescimento de 23,6% em relação ao ano anterior.

Este blog não costuma usar números soltos de maneira sensacionalista. É necessário ler e interpretar com noção de proporção. Será se este valor é realmente grande? Será se é suficiente? Sim. Segundo o próprio prefeito em entrevista ao portal Papo Cidade a folha salarial mensal da Secretaria de Educação, comandada agora pela sua irmã, é de R$ 4.235.649,79. Ou seja, o valor que o município recebeu a mais neste ano (veja tabela abaixo) seria suficiente para pagar mais um mês aos funcionários da pasta.

R$ 4,2 milhões a mais no Fundeb deste ano

Na contramão disso, foi feita uma “revisão”, segundo o prefeito, e salários foram cortados. Gestores e supervisores tiveram vencimentos reduzidos e vários professores contratados alegam não terem recebido nenhum centavo, criando ainda mais tensão em meio à pandemia do Covid-19.

A oposição protesta contra a medida. “Uma tremenda irresponsabilidade que inicia com a ex-secretária Vânia Cristina que saiu da pasta e não concluiu a folha de pagamento dos contratados. Os professores contratados receberam seu último salário em dezembro de 2019 e após o início das aulas em 2020, até a presente data, não há nenhuma manifestação por parte do prefeito Magno e muito menos da nova secretária de educação. Secretária essa que não há nenhuma manifestação oficial de quem seja, sabemos apenas nos bastidores que é a irmã do prefeito.”, declarou o vereador Alberto Carlos (PL) em contato com o blog.

Citada pelo parlamentar, a ex-secretária Vânia Cristina se defende. “A última folha que eu fiz foi do mês de março, na folha de abril era para todos os contratados serem pagos porque eles começaram a trabalhar dia 9 de março, eu deixei a relação completa para ajudar a organização da nova secretária com a comissão de folha e a Administração.”, afirma.

Apesar do prefeito ter dito que os professores contratados também seriam pagos na última quinta-feira (30), eles guardam esperança de receber pelo menos até o 5º dia útil, como fora anunciado anteriormente. 
  
FPM e Saúde
O aumento dos recursos municipais não se apresenta apenas no Fundeb. Os R$ 11.786.263,04 recebidos pelo Fundo de Participação do Município até abril é 0,6% maior do que o valor recebido no mesmo período do ano passado. Considerando os quase R$ 170 mil enviados como Apoio Financeiro aos Municípios o crescimento aumenta para 2,1%.

R$ 240 mil a mais com livre destinação

Na Saúde o aumento é maior do que o conhecido. O governo transferiu fundo a fundo nos quatro primeiros meses de 2020 um valor acumulado de R$ 8.818.176,46 para custeio e investimento, 35,2% mais do que no passado. O crescimento se dá exatamente devido à crise sanitária usada como justificativa para dificuldades administrativas.

O repasse inicial para enfrentamento do coronavírus (R$ 181.659,00) foi acrescido por um repasse extra do valor Média e Alta Complexidade em abril (R$ 1.054.959,31) e ainda outros R$ 500.000,00 como “Incremento Temporário ao Custeio dos Serviços de Atenção Básica em Saúde”, além de aumentos devidos à produtividade.

A justificativa para não pagar os salários terá que ser outra, não falta de dinheiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a

AS REVELAÇÕES DA FOLHA DE PAGAMENTOS DA PREFEITURA

Com alguns meses de atraso, a Prefeitura de Chapadinha publicou as primeiras folhas de pagamento da gestão da prefeita Belezinha e tem muita informação boa ali para fazer futrica, mas este espaço não se dedica a isso. Os mais afoitos defensores do governo podem ser identificados na lista com os próprios nomes ou de parentes próximos. Alguns deles já devem estar comentando este texto nas redes sociais antes de lê-lo. Não importa. São pequenos, como a maioria das boquinhas que conseguiram. E, além do mais, ninguém acreditava que eles cantavam “eles gostam da mamadinha” durante a campanha eleitoral sem saber que era exatamente disso que eles estavam em busca. É assim mesmo. A guerra no Whatsapp geralmente acontece com "mamadores" apontando "desmamados" A folha está encharcada de cabos eleitorais e ex-candidatos? Sim. Parentes de vereadores e suplentes? Também. Há ainda "anomalias curiosas", como a do Técnico em Imobilização contratado pelo Hapa com salári

DRA. THAIZA DEFENDE GOVERNADOR E COBRA ENTREGA DA UPA PARA O ESTADO

Chapadinha foi destaque na sessão de hoje da Assembleia Legislativa. Tudo começou quando a deputada Dra. Thaiza subiu à tribuna para registrar a cerimônia de inauguração do asfalto aplicado nos bairros Areal e Cohab com emendas destinadas pelo seu mandato. A parlamentar aproveitou a oportunidade para lembrar as várias ações do governo estadual no município e saiu em defesa do governador, contra os ataques feitos pela prefeita Belezinha. “São mais de R$ 4 milhões investidos todo mês na Saúde para manter o Hospital Regional. É incalculável o impacto positivo deste investimento para a região. Imaginem a quantidade de consultas, exames e internações, lembremos a procissão de ambulância que tinha de vir para São Luís. É uma injustiça absurda não reconhecer os benefícios levados a Chapadinha e região pelo governo Flávio Dino”, destacou. O deputado Paulo Neto saiu em defesa de Belezinha afirmando que o vídeo em que ela ataca o governador seria de 90 dias atrás e teria sido requentado pela