Pular para o conteúdo principal

Inscrições para o V Fórum de Educação do Baixo Parnaíba já estão abertas


A Educação no século XXI e os caminhos do conhecimento como direito humano e social. Com este tema, a Faculdade do Baixo Parnaíba reunirá estudantes, professores e especialistas de várias regiões do país para fomentar o diálogo e construir propostas para a região na quinta edição do Fórum de Educação do Baixo Parnaíba.

A abertura acontecerá no dia 28 de fevereiro, data em que a instituição completará 15 anos de atividades acadêmicas, e a programação se estenderá dos dias 4 a 6 de março com oficinas, conferências e painéis, que serão realizados na própria FAP, em escolas da Rede Pública Municipal e Estadual e em auditórios da Secretaria Municipal de Educação, da Biblioteca Municipal, da Prefeitura, do Fórum Ministro Edson Carvalho Vidigal e do SEBRAE-Chapadinha.

A diretora de Ensino da FAP, professora Nony Braga, é a coordenadora geral da comissão organizadora e convida todos que constroem a educação do Baixo Parnaíba e do Alto Munim a participarem do evento. “Refletir sobre as atuais práticas de ensino, aprofundar as discussões sobre as questões educacionais e sugerir propostas teórico-metodológicas que fortaleçam valores, atitudes e práticas sociais que expressem a cultura dos Direitos Humanos em todos os espaços da sociedade são passos fundamentais para superarmos o histórico de empobrecimento marcado pelo abandono, exclusão social, econômica e política da nossa região”, defende a professora.

Entre os conferencistas já confirmados estão os professores Casemiro Campos, Jefferson Portela, José Eustáquio Batista, Selma Garrido, Lucelma Braga, Socorro Braga, Jorge Lobo, Regina Cabral, Moacir Feitosa e Antônio Blecaute.

Quanto antes o estudante ou professor efetuar sua inscrição maior será o desconto na taxa, que varia de R$ 30 a R$ 150 e pode ser realizada no site https://www.fapeduca.com/vforumdeeducacao


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que não te disseram sobre a "farra dos contracheques"

Enquanto a gritaria tomava conta das redes sociais, me dediquei a estudar a folha de pagamento da Prefeitura de Chapadinha e verifiquei alguns dados que precisam ser esclarecidos.
Primeiro, nenhum vigia “recebe” R$ 6 mil. O presente do indicativo é usado para demonstrar ação continuada. E o vigia Marcelo Costa Abreu, segundo este mesmo Portal da Transparência que serve de fonte para pinçar informações pela metade e causar alvoroço, tem um salário de R$ 1.247,50. Nos meses de Setembro e Outubro ele recebeu gratificações para compensar outros serviços que ele teria prestado à administração municipal, segundo relato dele mesmo em áudio que circula nos grupos de WhatsApp.
A realização destes trabalhos deve ser atestada, mas essa checagem desmonta a tese segunda qual ele receberia um grande salário para dividir com um ex-prefeito e um vereador.
Outro dado que tem aparecido de maneira muito distorcida é a lotação de todos os servidores como funcionários do gabinete do prefeito. Na verdade…

PRIMEIRA CHAPA CONFIRMADA: HIGOR E MARCELO MARINHEIRO

Nem o isolamento social imposto pela pandemia de Covid-19 freou as articulações políticas. Respeitando as restrições e orientações da Organização Mundial da Saúde, o empresário Higor da Universidade Infantil e o vereador Marcelo Marinheiro se encontraram na manhã desta segunda-feira (30) e definiram que formarão chapa visando as pré-candidaturas a prefeito e vice-prefeito de Chapadinha nas eleições de 2020.
Em contato com o Blog do Braga, a dupla afirmou que já vinha conversando nas últimas semanas e que tomaram a decisão após análise das últimas pesquisas de intenção de voto, que indicariam a viabilidade da composição.
Em meio às incertezas jurídicas de outros concorrentes, Chapadinha ganha a primeira chapa 100% definida e ficha-limpa para as próximas eleições. Após o término do período de isolamento social proposto pela OMS os pré-candidatos informarão o calendário de eventos destinados à propagação das suas plataformas políticas.
“Por enquanto, nos cabe apenas desejar a todos mui…

Prefeitura com mais verbas, contratados ainda sem salário

Apesar da crise de saúde pública, o município de Chapadinha continua recebendo recursos do governo federal para manter os salários em dia. Esta é a conclusão que chegamos ao analisar os números disponíveis no Demonstrativo de Distribuição de Arrecadação do Banco do Brasil.
O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) transferiu para os cofres da Prefeitura mais de 25 milhões de reais (R$ 25.428.087,96) nos quatro primeiros meses do ano. A cifra é 17,09% maior do que o valor recebido no mesmo período de 2019, que já apresentava crescimento de 23,6% em relação ao ano anterior.
Este blog não costuma usar números soltos de maneira sensacionalista. É necessário ler e interpretar com noção de proporção. Será se este valor é realmente grande? Será se é suficiente? Sim. Segundo o próprio prefeito em entrevista ao portal Papo Cidade a folha salarial mensal da Secretaria de Educação, comandada agora pela sua irmã, é de R$ 4.235.649,79. Ou seja, o valor que o município r…