Pular para o conteúdo principal

Mestrado Interinstitucional FAP-UNISC é o novo marco na história da Educação da região


Há uma década e meia, o chapadinhense que quisesse fazer uma graduação, precisava sair da sua terra. Nem aqui nem em nenhuma outra cidade da região havia mais do que o ensino médio.

Isso começou a mudar com a inauguração da Faculdade do Baixo Parnaíba (FAP) em 2005. Logo após, foi ativado o campus IV da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) no município, e outras instituições foram se instalando por aqui.

Também foi a FAP a primeira instituição a oferecer cursos de pós-graduação nas regiões do Baixo Parnaíba e Alto Munim. Hoje ela forma especialistas em Docência de Ensino Superior, Gestão e Supervisão, Psicolinguística e Psicopedagogia.

Sempre na vanguarda, a FAP deu outro passo inovador neste semestre. A diretora de ensino prof.ª Nony Braga buscou parceria interinstitucional com a Universidade de Santa Cruz Do Sul (UNISC), instituição gaúcha com Conceito Institucional máximo no Ministério da Educação (MEC), e viabilizou a oferta de um curso de Mestrado em Educação pela primeira vez na história da região.

Ao invés dos moradores de Chapadinha saírem para buscar uma qualificação fora, o município é que está recebendo quem quer dar um passo além na sua formação. A primeira turma, com 17 mestrandos, é formada por profissionais do município, da região e até de São Luís, que se inscreveram em edital público. Os mestrandos têm aulas presenciais durante uma semana por mês na FAP. Nos outros momentos, se dedicam a estudos e pesquisas nas áreas de aprendizagem, tecnologias, linguagem, cultura, trabalho e emancipação.

“Há professores, advogados, servidores públicos e outros profissionais cursando este mestrado. É um curso muito amplo, até porque a Educação envolve diferentes sujeitos inseridos em diferentes setores da sociedade.”, ressalta Auridéia Vale, que é professora da FAP e uma das mestrandas.

O marco histórico representado por este curso, assim como outros avanços anteriores, não é relevante apenas para os que estão cursando-o, mas para toda a comunidade que passou a contar com profissionais qualificados nestes 14 anos de atividade da Faculdade do Baixo Parnaíba. “Temos muito orgulho do espírito empreendedor da FAP. Buscamos estar sempre um passo à frente, inovando e ampliando a produção acadêmico-científica na nossa região”, comemora a professora Nony Braga, que espera a formação de novas turmas de mestrado em breve e de doutorado no futuro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que não te disseram sobre a "farra dos contracheques"

Enquanto a gritaria tomava conta das redes sociais, me dediquei a estudar a folha de pagamento da Prefeitura de Chapadinha e verifiquei alguns dados que precisam ser esclarecidos.
Primeiro, nenhum vigia “recebe” R$ 6 mil. O presente do indicativo é usado para demonstrar ação continuada. E o vigia Marcelo Costa Abreu, segundo este mesmo Portal da Transparência que serve de fonte para pinçar informações pela metade e causar alvoroço, tem um salário de R$ 1.247,50. Nos meses de Setembro e Outubro ele recebeu gratificações para compensar outros serviços que ele teria prestado à administração municipal, segundo relato dele mesmo em áudio que circula nos grupos de WhatsApp.
A realização destes trabalhos deve ser atestada, mas essa checagem desmonta a tese segunda qual ele receberia um grande salário para dividir com um ex-prefeito e um vereador.
Outro dado que tem aparecido de maneira muito distorcida é a lotação de todos os servidores como funcionários do gabinete do prefeito. Na verdade…

EM PRIMEIRA MÃO: EX-PREFEITA PERDE O MANDATO DE DEPUTADA

Durou pouco a passagem da ex-prefeita Ducilene Belezinha (PL) na Assembleia Legislativa do Maranhão. Ela havia sido empossada no cargo de deputada estadual no mês passado devendo favor ao deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) que determinou que a esposa, Detinha (PL), saísse de licença. Ocorre que Belezinha foi apenas a quinta suplente da coligação, e sua a posse dependeu do falecimento de um deputado e a nomeação de três parlamentares no secretariado do governador Flávio Dino, mas um deles voltou ontem (6) para o legislativo, aliás, uma secretária: Ana do Gás (PCdoB).
Parlamentar com votação expressiva em Chapadinha na eleição de 2014, quando teve o apoio do hoje prefeito Magno Bacelar, a comunista ocupava a Secretaria de Estado da Mulher, mas decidiu reassumir o mandato de deputada levando a ex-prefeita de volta à condição de suplente.Festejado com carreata organizada por seus apoiadores com pouquíssima participação popular, o mandato de Belezinha na Assembleia durou 13 dias.…

ORINALDO ANUNCIA ROMPIMENTO COM MAGNO E APOIO A HIGOR ALMEIDA

O ex-vereador Orinaldo Araújo, esposo da vereadora Missecley, gravou hoje mensagem para anunciar seu desligamento do grupo político do prefeito Magno Bacelar.Ao lado de três dos seus quatro filhos Orinaldo afirmou que ainda não conversou com o Higor Almeida, mas apoiará sua candidatura. “É o que candidato que representa realmente aquilo que a gente pensa, aquilo que a gente quer pro nosso município”, afirmou.Havia chamado a atenção do meio político as ausências de Orinaldo e Missecley do primeiro comício de campanha do prefeito, realizado no bairro em que eles moram e têm forte base eleitoral.A insegurança jurídica da candidatura do prefeito e o forte desgaste apresentado nas pesquisas de opinião devem gerar novas adesões nos próximos dias.