Pular para o conteúdo principal

Flávio Dino não está para brincadeira


O Nordeste brasileiro é a região com o maior número de estados. Havia outras 8 capitais para os governadores se reunirem, mas São Luís foi a cidade escolhida para a fundação do consórcio que reúne agora as nove unidades da federação.

O governador Flávio Dino vai se consolidando como a principal liderança política da região onde o presidente Jair Bolsonaro perdeu a eleição de 2018 e a possibilidade de uma candidatura sua ao Palácio do Planalto é cada vez mais real.

Depois de derrotar e devastar o grupo político do ex-presidente José Sarney, Dino faz o governo com mais realizações no estado desde o próprio Sarney (1965-1970) e tem um céu de brigadeiro à sua frente para o segundo mandato. Na Assembleia Legislativa viu a oposição encolher para apenas 3 dos 42 deputados, elegeu 12 dos 18 deputados federais do Maranhão e os três senadores do estado (um, rompido, saiu minúsculo da última eleição).

Dino montou o secretariado com nomes técnicos e da sua estrita confiança nos cargos chave, o que lhe dá liberdade de deixar a gestão em modo automático e cuidar de fazer política. No cálculo para a construção de sua candidatura presidencial, adicione ao presente positivo o passado de quem foi juiz federal aprovado em primeiro lugar e deputado federal de um único e marcante mandato.

Agora considere o futuro imediato. Lula está e continuará preso. Irrevogavelmente interditado para a disputa eleitoral. O PT de Haddad e o PDT de Ciro Gomes seguem focados na lavagem de roupa suja pública motivada por mágoas nascidas na última eleição. E Flávio Dino passa ao largo fazendo política num partido que não tem estrela maior, com convites de outras legendas e sem perder uma oportunidade de se contrapor ao governo Bolsonaro.

Em 2002, Roseana Sarney era a segunda colocada nas simulações de primeiro turno e vencia Lula na simulação de segundo turno quando uma operação da Polícia Federal abortou sua candidatura presidencial. Se outro ex-juiz federal, o hoje ministro Sérgio Moro, não voltar a usar a PF para tirar adversários do páreo, o governador Flávio Dino tem tudo para construir uma candidatura presidencial viável.

Foto: (Antônio Cruz/Agência Brasil)

Comentários

Fabão disse…
No final da matéria vc se refere ao ministro Moro como uma ameaça aos planos políticos de Dino. O governador Flávio Dino deve temer a movimentação da justiça? Ele está com o rabo preso? (sem insinuações irônicas).

E tem mais um porém, com a decisão do STF em separar os crimes de cx2 para a justiça eleitoral, toda e qualquer decisão poderá ser revogada pois perde validade e o Lula poderá ser beneficiado, já q sua sentença pode ser anulada e ele volta ao jogo político eliminando assim as possibilidades de Dino ser a única alternativa da esquerda.
O melhor q Flávio Dino pode fazer é baixar o ICMS!

Postagens mais visitadas deste blog

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a

AS REVELAÇÕES DA FOLHA DE PAGAMENTOS DA PREFEITURA

Com alguns meses de atraso, a Prefeitura de Chapadinha publicou as primeiras folhas de pagamento da gestão da prefeita Belezinha e tem muita informação boa ali para fazer futrica, mas este espaço não se dedica a isso. Os mais afoitos defensores do governo podem ser identificados na lista com os próprios nomes ou de parentes próximos. Alguns deles já devem estar comentando este texto nas redes sociais antes de lê-lo. Não importa. São pequenos, como a maioria das boquinhas que conseguiram. E, além do mais, ninguém acreditava que eles cantavam “eles gostam da mamadinha” durante a campanha eleitoral sem saber que era exatamente disso que eles estavam em busca. É assim mesmo. A guerra no Whatsapp geralmente acontece com "mamadores" apontando "desmamados" A folha está encharcada de cabos eleitorais e ex-candidatos? Sim. Parentes de vereadores e suplentes? Também. Há ainda "anomalias curiosas", como a do Técnico em Imobilização contratado pelo Hapa com salári

DRA. THAIZA DEFENDE GOVERNADOR E COBRA ENTREGA DA UPA PARA O ESTADO

Chapadinha foi destaque na sessão de hoje da Assembleia Legislativa. Tudo começou quando a deputada Dra. Thaiza subiu à tribuna para registrar a cerimônia de inauguração do asfalto aplicado nos bairros Areal e Cohab com emendas destinadas pelo seu mandato. A parlamentar aproveitou a oportunidade para lembrar as várias ações do governo estadual no município e saiu em defesa do governador, contra os ataques feitos pela prefeita Belezinha. “São mais de R$ 4 milhões investidos todo mês na Saúde para manter o Hospital Regional. É incalculável o impacto positivo deste investimento para a região. Imaginem a quantidade de consultas, exames e internações, lembremos a procissão de ambulância que tinha de vir para São Luís. É uma injustiça absurda não reconhecer os benefícios levados a Chapadinha e região pelo governo Flávio Dino”, destacou. O deputado Paulo Neto saiu em defesa de Belezinha afirmando que o vídeo em que ela ataca o governador seria de 90 dias atrás e teria sido requentado pela