Pular para o conteúdo principal

As Senadoras Que Querem Enfrentar Trump


Harris, Warren, Klobuchar e Gillibrand tentam surpreender

A derrota de Hillary Clinton em 2016 não encerrou a intenção de alguns democratas de eleger uma mulher para a presidência dos Estados Unidos. A senadora Amy Klobuchar anunciou hoje sua candidatura e se soma a outras três senadoras já na disputa pela indicação do partido para concorrer em 2020 contra o presidente Donald Trump.

Todas elas representam estados tradicionalmente seguros para o partido: Kamala Harris (Califórnia), Elizabeth Warren (Massachusetts), Amy Klobuchar (Minnesota) e Kirsten Gillibrand (Nova Iorque). Estrategicamente, seria mais importante o partido buscar um nome de estados que variam entre democratas e republicanos a cada eleição, principalmente da região dos Grande Lagos, determinante para vitória de Trump.

Na pesquisa de intenção de voto mais recente, nenhuma delas mostra competitividade para vencer a disputa por enquanto. Pontuam respectivamente 14%, 6%, 1% e 1% entre os eleitores registrados como democratas. Os líderes são o ex-vice-presidente Joe Biden com 29% da preferência e o também senador e candidato derrotado nas prévias de 2016 Bernie Sanders, apesar de nenhum deles ter anunciado candidatura ainda.

Outros candidatos já anunciados são o senador de Nova Jérsei Cory Booker e o ex-secretário de Habitação do governo Obama Julian Castro, do tradicionalmente republicano estado do Texas. Também do Texas, o ex-deputado Beto O’Rourke é especulado como possível concorrente depois de ter perdido a eleição para senador no estado por pequena margem, assim como o prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio.

O processo eleitoral americano é longo e o estado de Iowa, o primeiro a votar para escolher o candidato democrata, só irá às urnas em 3 de fevereiro. Isto mesmo, daqui a quase um ano. Concluída a etapa da escolha dos candidatos a presidente e vice na convenção prevista para 16 de julho de 2020, começará a disputa com o presidente que está no no cargo, a ser decidida em 3 de novembro de 2020.

Este longo processo torna possíveis muitas surpresas. Quando Barack Obama anunciou que seria candidato a presidente pela primeira vez, há exatamente 12 anos, Hillary Clinton tinha 42% das intenções de votos democratas contra apenas 12% do então senador de Illionis. Al Gore era citado como candidato preferido de 10%, empatado com John Edwards. Como se sabe, Obama foi escolhido e eleito.

Se decidir concorrer, mesmo aos 76 anos de idade Joe Biden é o favorito, mas o fortalecimento da representação feminina no Congresso deixa claro que é bom prestar bastante atenção nas mulheres da disputa.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a

AS REVELAÇÕES DA FOLHA DE PAGAMENTOS DA PREFEITURA

Com alguns meses de atraso, a Prefeitura de Chapadinha publicou as primeiras folhas de pagamento da gestão da prefeita Belezinha e tem muita informação boa ali para fazer futrica, mas este espaço não se dedica a isso. Os mais afoitos defensores do governo podem ser identificados na lista com os próprios nomes ou de parentes próximos. Alguns deles já devem estar comentando este texto nas redes sociais antes de lê-lo. Não importa. São pequenos, como a maioria das boquinhas que conseguiram. E, além do mais, ninguém acreditava que eles cantavam “eles gostam da mamadinha” durante a campanha eleitoral sem saber que era exatamente disso que eles estavam em busca. É assim mesmo. A guerra no Whatsapp geralmente acontece com "mamadores" apontando "desmamados" A folha está encharcada de cabos eleitorais e ex-candidatos? Sim. Parentes de vereadores e suplentes? Também. Há ainda "anomalias curiosas", como a do Técnico em Imobilização contratado pelo Hapa com salári

DRA. THAIZA DEFENDE GOVERNADOR E COBRA ENTREGA DA UPA PARA O ESTADO

Chapadinha foi destaque na sessão de hoje da Assembleia Legislativa. Tudo começou quando a deputada Dra. Thaiza subiu à tribuna para registrar a cerimônia de inauguração do asfalto aplicado nos bairros Areal e Cohab com emendas destinadas pelo seu mandato. A parlamentar aproveitou a oportunidade para lembrar as várias ações do governo estadual no município e saiu em defesa do governador, contra os ataques feitos pela prefeita Belezinha. “São mais de R$ 4 milhões investidos todo mês na Saúde para manter o Hospital Regional. É incalculável o impacto positivo deste investimento para a região. Imaginem a quantidade de consultas, exames e internações, lembremos a procissão de ambulância que tinha de vir para São Luís. É uma injustiça absurda não reconhecer os benefícios levados a Chapadinha e região pelo governo Flávio Dino”, destacou. O deputado Paulo Neto saiu em defesa de Belezinha afirmando que o vídeo em que ela ataca o governador seria de 90 dias atrás e teria sido requentado pela