Pular para o conteúdo principal

Top 20 prefeituráveis de 2020




Com metade do mandato do prefeito Magno Bacelar superado as articulações para a sua sucessão devem começar a esquentar e o Blog do Braga traz a lista com os 20 nomes mais cogitados para enfrentar a disputa municipal de 2020.

É possível que outros nomes sejam discutidos até as convenções do ano que e o mais provável é que três ou quatro sejam registrados pelos partidos políticos, mas os nomes mais especulados nas rodas de conversa da cidade e pelo grupos políticos locais até aqui são os seguintes:

Magno Bacelar: Apesar das três condenações com trânsito em julgado no Tribunal de Contas da União (TCU), não dá para deixar de considerar o nome do prefeito que está no cargo, principalmente considerando sua capacidade de se livrar de problemas jurídicos. Dificilmente conseguirá desfazer o atual desgaste do seu governo, mas tem a marca de ter sido o único prefeito reeleito de Chapadinha, em 2004.

Danubia Carneiro: Primeira-dama, ex-prefeita e secretária de Assistência Social. Parece mais interessada do que o próprio marido em resgatar a imagem da gestão, mais enfrenta desgaste ainda maior da própria imagem. Com duas condenações no TCU, também enfrenta problemas jurídicos.

Junior Carneiro: Vereador mais votado do município e irmão da primeira-dama, ele não admite a intenção de concorrer por respeito aos líderes do grupo, mas é o nome mais lembrado para substituí-los.

Netinho Gedeão: Vereador atuante, Netinho tem feito em vários bairros ações de recuperação da infraestrutura urbana que seriam de obrigação do poder Executivo. Tem disposição para a disputa e boa relação com o prefeito e o deputado Levi Pontes.

Mônica Pontes: Nome de confiança do prefeito Magno Bacelar, Mônica comanda a Secretaria de Saúde no município sem perder o poder na Secretaria de Finanças. Jovem, evangélica e simples, ela poderia ser imposta ao grupo pelo prefeito como aconteceu em 2008 com o nome de Danúbia, mas nega qualquer intenção de concorrer. "Meu candidato é o prefeito Magno", declarou ao Blog.

Eduardo Sá: Antigo aliado do prefeito quando vereador e secretário municipal, o empresário que já ajudou o prefeito até financeiramente tem buscado independência da gestão depois de ver sua lealdade não ser reconhecida. Contra o candidato do prefeito (Victor Mendes), foi candidato a deputado federal formando um grupo que lhe coloca como um dos protagonistas nas articulações de 2020.

Fabyo Lima: Uma das poucas pessoas ainda ouvida pelo prefeito, o advogado Fábyo Lima não parece disposto a brigar com ninguém para ser candidato, mas é um nome técnico que o prefeito teria condição de apresentar para aliados e remontar a coalizão vencedora de 2016.

Paulo Neto: Deputado reeleito, Paulo Neto tem antigo desejo em disputar a prefeitura de Chapadinha. Articulado e corajoso, Paulo tem perfil populista e é um dos nomes que podem contar com o apoio do governador Flávio Dino, que não simpatiza com Magno nem Belezinha.

Levi Pontes: Mais ligado a Flávio Dino, o ainda deputado Levi Pontes teve mais votos do que Paulo Neto em Chapadinha e continuará sendo jogador importante da política municipal, se assim desejar. Se não for candidato, seu apoio pode ser decisivo para definir o vitorioso.

Talvane Hortegal: Político de longa carreira e médico de perfil popular, Talvane viu a filha ser eleita deputada estadual com votação acima do esperado em Chapadinha. É o vice-prefeito do município, apesar de ter rompido com a gestão logo no início. Pontua bem em pesquisas preliminares, mas ainda lhe falta grupo político para enfrentar a disputa.

Aldy Junior: Não esconde de ninguém o sonho de ser prefeito de Chapadinha. A pedido de candidatos a vereador do seu partido, o Dem, apoiou em 2016 Magno Bacelar, que não cumpriu o acordo de nomeá-lo secretário de Educação. Sempre deu boas votações para os deputados que apoiou e espera contar com os apoio do estadual Paulo Neto e do federal Jucelino Filho.

Vinicius Teles: Jovem empresário filho de família tradicional, Vinícius espera contar com o apoio do deputado estadual eleito Fernando Pessoa, que é seu primo.

Higor Almeida: Carismático, o professor Higor Almeida comanda a escola Universidade Infantil com trabalho que encanta os pais dos alunos e tem sido bem lembrado em enquetes virtuais.

Missecley Araújo: A vereadora Missecley Araújo tem como principais marcas a simplicidade e o cuidado com as pessoas. Teve votação acima do esperado na sua candidatura a deputada federal e ainda não decidiu se será candidata a prefeita.

Isaías Fortes: Ex-prefeito por dois mandatos e decisivo na eleição de outros dois prefeitos, Isaías deixará a condição de inelegível em janeiro de 2020, segundo o TCU. A fraca votação do seu candidato a deputado estadual e o desgaste no seu eleitorado depois da aliança com Magno Bacelar representam dois prejuízos, mas ele é um dos que aposta no apoio do governador para alavancar sua candidatura.

Aluizio Santos: Articulador político do governo Belezinha, Aluizio lidera parte do grupo que acompanha a ex-prefeita e tem a preferência de muitos para substituí-la caso ela seja convencida pela família a não enfrentar a disputa.

Belezinha: franca favorita, Belezinha teve votação histórica para deputada estadual e pode ser favorecida pelo mesmo fenômeno que a fez ser escorraçada da prefeitura: a vontade do povo demonstrar sua rejeição a quem está no governo.

Alberto Carlos: Como Belezinha e Aluizio ainda podem ser retirados da disputa pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) graças a processo de compra de votos no qual foram condenados em primeira instância e absolvidos no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o líder da oposição na Câmara Municipal é um dos cogitados para substituí-los.

Ezequias Douglas: Candidato a vereador na última eleição e importante liderança evangélica da cidade, irmão Douglas é genro do pastor Elias, da Assembleia de Deus e considera a possibilidade de se lançar na disputa.

Karol Pontes: Filha de Belezinha, é lembrada por apoiadores da ex-prefeita como único nome capaz de engajá-la na disputa se a mesma estiver juridicamente interditada.

O Blog do Braga pretende publicar entrevistas com todos os nomes da lista em breve.

Comentários

Unknown disse…
BELEZINHA VAI SER A PRÓXIMO PREFEITA DE CHAPADINHA NÃO TEM PRA NINGUÉM VAI SER BELEZINHA DENOVO...
Marcelo Aguiar disse…
Marcelo Aguiar, candidato à prefeito claro que votaria nele.
Marcelo Aguiar disse…
Marcelo Aguiar, candidato à prefeito claro que votaria
Marcelo Aguiar disse…
Marcelo Aguiar, candidato à prefeito claro que votaria.

Postagens mais visitadas deste blog

PACIENTES E PROFISSIONAIS DA SAÚDE RELATAM COLAPSO NA UPA DE CHAPADINHA

Os últimos dias têm sido de exaustão para quem está trabalhando na linha de frente do combate à Covid em Chapadinha. Profissionais da UPA relatam que a unidade entrou em colapso, os leitos estão lotados, pacientes aguardando nos corredores e os funcionários se sentindo impotentes diante o quadro. “Imagina o que é você se doar, prestar um serviço, ver gente morrendo todo dia e as pessoas continuarem suas vidas aglomerando”, desabafou um deles em rede social. Com quadro reduzido de funcionários, os servidores buscam fazer o que é possível, mas as dificuldades estão aumentando num grau insuportável. Enquanto isso pipocam nas redes sociais fotos e vídeos de pacientes e acompanhantes denunciando os problemas que estão enfrentando, principalmente com falta de médicos para atender a demanda crescente. A escala publicada pela Prefeitura mostra o quanto tem sido exigido dos profissionais. Apenas um médico por dia, sendo ora Dr. Kingsley Ifly, que na mesma data atende no HAPA , ora o Dr. Felipe

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a

Secretariado sem Paulo Neto, Levi ou Josimar

Parece que Belezinha aprendeu com erros do passado e compôs uma equipe de secretários com pessoas da sua confiança nos postos mais importantes. Está de volta sua irmã Deusilene Pontes na Secretaria de Finanças e seu braço direito Aluísio Santos na Articulação Política. Desta vez ele não assumirá Obras para ficar mais livre na tarefa de viabilizar o próprio nome como pré-candidato a deputado estadual. Enquanto isso, nenhum nome anunciado como indicação do deputado Paulo Neto. Derrotado em Mata Roma e nos outros municípios da região, Paulo não terá vida fácil para conseguir espaço na única prefeitura onde ajudou a eleger uma aliada. Outro limado na composição do governo foi o vice-prefeito, ausente na cerimônia de nomeação dos secretários. Depois de tentar articular o nome da própria esposa para a presidência da Câmara e vê-la ficar fora da mesa diretora, Dr Levi não indicou uma pessoa para o primeiro escalão do governo. O único nome do PCdoB na equipe é a ex-vereadora Francisca Ag