Pular para o conteúdo principal

Eduardo Braga fala sobre decisão do PT de continuar com o governo municipal

Do blog Interligado



O secretário de Assistência Social do município, o petista Eduardo Braga, concedeu entrevista ao nosso blog falando sobre a reunião que ocorreu na noite dessa segunda-feira, 19, entre os membros do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), que culminou na decisão pela reafirmação da aliança do partido com o governo Danúbia Carneiro.

Iniciei nossa conversa perguntando: - O que você achou da decisão de permanência do PT no governo municipal?

EDUARDO BRAGA – Avalio como acertada a decisão. O acordo do partido com a prefeita e com o deputado Magno Bacelar, foi firmado com base em 07 pontos de uma pauta de reivindicação. Nesses 06 meses houve avanços, mas ainda há a cumprir.

BLOG - Quais seriam esses avanços e o que precisa melhorar?

EDUARDO BRAGA – Posso citar como exemplo o Fundo da Infância e Adolescência (FIA), que recebia mensalmente 0,1% dos recursos do Fundo de Participação do Município (FPM). Nós pedimos à prefeita que esse índice fosse ampliado para 0,5%. Através do diálogo interno no governo conseguimos que o repasse aumentasse para 0,3%. É o ideal? Não, mas foi um avanço. Além da estruturação da agência do Sine (Sistema Nacional de Emprego), que foi realizada, e do fortalecimento dos Conselhos Municipais, que está em curso.

BLOG - O principal argumento de quem defendia a saída do PT do governo municipal era a falta de autonomia dos secretários petistas e a falta de transparência do governo. Como secretário e membro do partido, o senhor concorda com esse posicionamento?

EDUARDO BRAGA – Esta é a primeira experiência como gestores públicos dos dois secretários indicados pelo PT. Portanto, era necessário um período de conhecimento e aprendizagem antes de termos a autonomia necessária. No que tange a transparência, eu acredito que o público deve ter pleno acesso a todas as receitas, aos gastos, aos contratos e às questões funcionais de toda a administração pública.

BLOG - O senhor era uma das pessoas que defendia a permanência do PT no governo. Que argumentos foram usados para convencer os demais membros dessa necessidade?

EDUARDO BRAGA – Veja bem, durante esses 06 meses nós estivemos cortando gastos, entregando prédios alugados, renovando contratos, comprando materiais, enfim, arrumando a casa (Secretaria de Assistência Social – SEMAS), e agora que nós teremos as condições de mostrar muito mais trabalho, romper seria desperdiçar uma grande oportunidade de mostrar serviço e a contribuição do PT para o município.

BLOG – O senhor acha que essa decisão é definitiva ou ainda há possibilidade de ser revestida?

EDUARDO BRAGA – Como disse anteriormente o que fizemos foi um acordo. Enquanto a prefeita cumprir com o que ela se comprometeu, nós manteremos e reafirmaremos a aliança. E, convenhamos, não tem sentido sair no momento em que o governo vem melhorando.

BLOG – Há rumores de que pessoas ligadas a grupos de oposição tentaram influenciar o rompimento do PT com o governo municipal. O senhor tem conhecimento disso? Foi demonstrado esse tipo de sentimento por aqueles que defendiam essa saída do governo?

EDUARDO BRAGA - Não foi demonstrado e eu não acredito nessa possibilidade. A saída do PT seria negativa para o governo, e portanto, é natural que quem é contra o governo espere esse rompimento, mas eu acredito que isso não influência os companheiros. Acontece que o PT é um partido vivo, democrático, com uma militância orgânica, que se reúne, debate e é natural a divergência interna. O importante é nos manter unidos e fortalecer o PT também no nosso município.

BLOG – Até essa aliança com o governo municipal o PT era tido como um partido de extrema esquerda. O senhor acha que esse período foi o suficiente para quebrar certos tabus?

EDUARDO BRAGA – O PT é e sempre será um partido de esquerda. A melhor definição foi a que o ex-presidente Lula deu no último congresso nacional do partido: “O PT é milhões e milhões de pessoas no anonimato, fazendo política e querendo mudança”. Agora desde a eleição do ex-presidente Lula que foram quebrados alguns paradigmas. O PT compreendeu que muitas vezes é necessário fazer alianças para se fortalecer e ocupar espaços para implementar políticas públicas com a cara do partido, e é isso que nós queremos para Chapadinha.

Antenor Ferreira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DE NOVO: BELEZINHA TENTA COMPRAR CANDIDATO A VEREADOR E É DENUNCIADA À POLÍCIA

Dinheiro entregue à Polícia Festejada nas redes sociais pela ex-prefeita Belezinha e seus partidários, a adesão do candidato a vereador Lucídio se revelou mais um escândalo que abuso de poder econômico. Anúncio de adesão pela manhã Horas depois do anúncio, Lucídio registrou Boletim de Ocorrência acusando a coligação adversária de lhe ter entregado R$ 5 mil para ele se deixar fotografar ao lado da candidata e apoiá-la. Ao registrar o BO, o candidato apresentou aos policiais o valor que lhe foi entregue, e áudios das conversas entre ele e intermediários da ex-prefeita. Num deles o conhecimento da candidata sobre as negociações é confirmado. A versão foi confirmada por uma testemunha que presenciou a entrega do dinheiro. Após perícias as provas deverão ser encaminhadas para o Ministério Público Eleitoral e nova denúncia de abuso de poder econômico deve ser apresentada contra a candidata. Denúncia feita à tarde Belezinha responde no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ação semelhante p

PACIENTES E PROFISSIONAIS DA SAÚDE RELATAM COLAPSO NA UPA DE CHAPADINHA

Os últimos dias têm sido de exaustão para quem está trabalhando na linha de frente do combate à Covid em Chapadinha. Profissionais da UPA relatam que a unidade entrou em colapso, os leitos estão lotados, pacientes aguardando nos corredores e os funcionários se sentindo impotentes diante o quadro. “Imagina o que é você se doar, prestar um serviço, ver gente morrendo todo dia e as pessoas continuarem suas vidas aglomerando”, desabafou um deles em rede social. Com quadro reduzido de funcionários, os servidores buscam fazer o que é possível, mas as dificuldades estão aumentando num grau insuportável. Enquanto isso pipocam nas redes sociais fotos e vídeos de pacientes e acompanhantes denunciando os problemas que estão enfrentando, principalmente com falta de médicos para atender a demanda crescente. A escala publicada pela Prefeitura mostra o quanto tem sido exigido dos profissionais. Apenas um médico por dia, sendo ora Dr. Kingsley Ifly, que na mesma data atende no HAPA , ora o Dr. Felipe

EXPOSTA A MÁQUINA DE COMPRA DE APOIOS DE BELEZINHA

Quem dizia que já estava com a eleição decidida abriu a carteira para tentar vencer na força do dinheiro.  O Blog do Alexandre Pinheiro publicou uma séria de mensagens e áudios envolvendo personagens da campanha da ex-prefeita Belezinha que explicam as últimas declarações de apoio à candidata. Leia aqui a matéria. Só sorrisos Denunciada à Polícia por ter tentado comprar o apoio do candidato a vereador Lucídio Santos por R$ 5 mil, Belezinha tem alegado ter sido alvo de uma armação, mas os diálogos expostos agora comprovam que a iniciativa de negociar com ele partiu de um dos seus partidários presente na foto que anunciava a adesão de Lucídio. (Áudios no final deste texto) Nos áudios o candidato chega a descartar a possibilidade de acordo (vídeo 1), mas o articulador Aluízio Santos insiste em conversar pessoalmente e noutro momento Lucídio aparece agradecendo a Shicleiton Sousa (vídeo 2) pelos R$ 5 mil posteriormente entregues à Polícia. Sem imagens e com áudio de pouca qualidade,