Pular para o conteúdo principal

PT vai nacionalizar eleições municipais, diz Rui Falcão



O presidente do PT federal, Rui Falcão, afirma que o partido injetará Lula e Dilma Rousseff nas eleições municipais de 2012.

“Nós queremos dar uma dimensão nacional a essas eleições”, diz ele. Com que propósito?

Segundo Falcão, o PT irá “mostrar quais os efeitos das políticas públicas do governo Lula e da presidenta Dilma no conjunto das cidades e Estados do país.”

Ou seja: o petismo levará aos palanques municipais a mesma matéria-prima que exibiu nos comícios e na propaganda eletrônica da campanha presidencial de 2010.

Voltarão à vitrine eleitoral programas como o Bolsa Família, o Minha Casa…, o PAC e um enorme etcétera.

As declarações de Falcão constam de entrevista exibida no portal do PT na web. Pode ser alcançada aqui.

No dizer do dirigente petista, “onde há uma sintonia entre as políticas locais e a política nacional, a vida melhorou substancialmente.”

Daí a intenção “nacionalizar” a disputa pelas prefeituras, aproximando-a dos programas federais tocados desde Brasília.

Falcão ressuscita uma expressão que caíra em desuso depois do escândalo do mensalão, em 2005: “o modo petista de governar.”

Afirma que, por onde passam –prefeituras, governos estaduais e Presidência— os gestores do PT deixam “uma marca.”

A “marca”, diz ele, já é “nacional”. Sob o PT, trombeteia Falcão, governa-se “para todos”, mas dá-se “prioridade à população mais carente.”

O PT, que outrora vendia-se ao eleitor como detentor do monopólio da ética, deixou outras marcas em suas administrações.

Mimetizando práticas que antes criticava, o partido rendeu-se, por exemplo, à fisiologia. Sobre isso, porém, Falcão não foi inquirido na entrevista companheira.

Em fase de elaboração, a tática eleitoral do PT será aprovada num congresso partidário que ocorrerá entre os dias 2 e 4 de setembro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ALUIZIO SANTOS FALA SOBRE SUA SAÚDE

O secretário Aluizio Santos concedeu entrevista ao programa Alerta Geral, apresentado pelo jornalista Luis Carlos Jr. na rádio Cultura de Chapadinha, nesta manhã (10) e tratou do assunto que já estava dominando as rodas de conversa da política local: seu estado de saúde. Segundo o relato, desde o mês de junho ele estava acompanhando o aumento de dois linfonodos na sua virilha e decidiu, com a equipe de médicos que o acompanha em Chapadinha, pela remoção cirúrgica de ambos. O procedimento aconteceu no dia 25 de outubro e desde então ele ficou em repouso. O diagnóstico conclusivo sobre o tratamento de saúde ao qual ele precisará se submeter deverá ser apresentado em 10 dias, mas Aluizio tem voltado às atividades políticas, inclusive às articulações da sua pré-candidatura a deputado estadual. Assista o vídeo da entrevista no final da matéria.   ENTENDA O QUADRO A íngua é o inchaço dos linfonodos, pequenos órgãos do sistema linfático que atuam na defesa do organismo humano prod

BELEZINHA ASFALTOU ATÉ O CAMINHO PARA A REELEIÇÃO

Passada a eleição estadual, o único grupo vencedor em Chapadinha foi o que já ocupa a Prefeitura. O resto se dividiu entre sobreviventes, humilhados e aposentados. Após ter sido a candidata a deputada estadual mais votada da história do município em 2018, com 12.403 votos, Belezinha alargou o recorde com os 18.548 votos de Aluizio Santos, elegendo-o para o cargo e vendo os adversários absolutamente perdidos. Se na eleição anterior os demais grupos se dividiram em 8 candidaturas acima da faixa de 500 votos, somando 17.752, desta vez foram 11 candidaturas e apenas 15.109 votos. A pulverização e o desempenho fraco já demonstram que a oposição teria dificuldade de derrotar a prefeita mesmo se conseguisse uma improvável união para 2024. Entre os derrotados da eleição destacam-se os ex-prefeitos. Dr. Magno Bacelar passou pelo segundo constrangimento seguido (e desnecessário) sem conseguir mais do que 679 votos para Adriano Sarney e Isaías Fortes, que ficou aquém do prometido a Davi Bra

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a