Pular para o conteúdo principal

Governo e Prefeitura decretam luto oficial em São Luís e no Maranhão

Chefes de poder e lideranças políticas receberam com tristeza, ontem, o anúncio da morte do ex-governador Jackson Lago (PDT). A governadora Roseana Sarney (PMDB) foi comunicada por volta das 17h40, e decretou luto oficial de três dias no estado. A assessoria do prefeito João Castelo (PSDB) informou que o tucano "ficou muito abalado" com a morte do aliado. Já o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Arnaldo Melo (PMDB), tenta convencer a família a fazer o velório - ou pelo menos parte dele - na Assembléia Legislativa, apesar do desejo dele de ser velado na sede do PDT. "O Jackson foi deputado e merece esta honra", disse Melo. Lago foi deputado estadual entre 1974 e 1978 pelo MDB.

Para o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Jamil de Miranda Gedeon Neto, Jackson Lago foi "um notável homem público". Em nota, o chefe do Poder Judiciário reconheceu a trajetória de médico e político do ex-governador que, na sua opinião, soube conduzir-se com denodo, abnegação e dignidade. "Ele deixou na história política do Maranhão o seu intransferível legado", afirmou Gedeon.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), desembargador Raimundo Cutrim, fez um histórico da vida de Jackson Lago e destacou que ele deu a sua contribuição ao Maranhão. "O doutor Jackson Lago foi uma grande médico. Depois, como político, deu sua contribuição à vida pública, chegando ao Governo do Estado", afirmou o representante da Justiça Eleitoral, que comandou as últimas eleições. O ex-governador participou da disputa em 2010.

Na Assembléia Legislativa, o anúncio da morte de Jackson Lago foi feito na tribuna pelo deputado Neto Evangelista (PSDB). Ele discursava quando foi informado da perda. Os colegas presentes à sessão renderam homenagens ao pedetista e encerraram os trabalhos. Jackson foi deputado estadual na década de 70.

Adversário político do líder pedetista, o senador e ex-governador João Alberto de Souza (PMDB) lembrou que sempre manteve com o pedetista um relacionamento de embate leal. "Tivemos muitos embates, mas todos dentro da mais absoluta lealdade", lembrou Alberto. O ex-governador contou que, como chefe do Executivo, ao mesmo tempo em que Jackson Lago era prefeito de São Luís, mantiveram um relacionamento amistoso. "Por várias vezes ele nos visitou no Palácio dos Leões, e eu fui também várias vezes à Prefeitura", lembrou.

O presidente nacional do PDT, e ministro do Trabalho, Carlos Lupi, é aguardado em São Luís para o velório do ex-governador. Jackson era vice-presidente nacional do PDT, e amigo pessoal de Lupi, que esteve várias vezes em São Paulo visitando o ex-governador. De acordo com o suplente de deputado e assessor especial do MinT, Weverton Rocha, "o ministro sofreu muito com o problema do ex-governador e ficou abalado com a notícia de sua morte".

Lideranças políticas do Maranhão e de outros estados - prefeitos, governadores, deputados federais e estaduais, vereadores e líderes partidários - são esperados hoje para o velório do ex-governador. 



Fonte:Jornal O Estado do Maranhão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que não te disseram sobre a "farra dos contracheques"

Enquanto a gritaria tomava conta das redes sociais, me dediquei a estudar a folha de pagamento da Prefeitura de Chapadinha e verifiquei alguns dados que precisam ser esclarecidos.
Primeiro, nenhum vigia “recebe” R$ 6 mil. O presente do indicativo é usado para demonstrar ação continuada. E o vigia Marcelo Costa Abreu, segundo este mesmo Portal da Transparência que serve de fonte para pinçar informações pela metade e causar alvoroço, tem um salário de R$ 1.247,50. Nos meses de Setembro e Outubro ele recebeu gratificações para compensar outros serviços que ele teria prestado à administração municipal, segundo relato dele mesmo em áudio que circula nos grupos de WhatsApp.
A realização destes trabalhos deve ser atestada, mas essa checagem desmonta a tese segunda qual ele receberia um grande salário para dividir com um ex-prefeito e um vereador.
Outro dado que tem aparecido de maneira muito distorcida é a lotação de todos os servidores como funcionários do gabinete do prefeito. Na verdade…

PRIMEIRA CHAPA CONFIRMADA: HIGOR E MARCELO MARINHEIRO

Nem o isolamento social imposto pela pandemia de Covid-19 freou as articulações políticas. Respeitando as restrições e orientações da Organização Mundial da Saúde, o empresário Higor da Universidade Infantil e o vereador Marcelo Marinheiro se encontraram na manhã desta segunda-feira (30) e definiram que formarão chapa visando as pré-candidaturas a prefeito e vice-prefeito de Chapadinha nas eleições de 2020.
Em contato com o Blog do Braga, a dupla afirmou que já vinha conversando nas últimas semanas e que tomaram a decisão após análise das últimas pesquisas de intenção de voto, que indicariam a viabilidade da composição.
Em meio às incertezas jurídicas de outros concorrentes, Chapadinha ganha a primeira chapa 100% definida e ficha-limpa para as próximas eleições. Após o término do período de isolamento social proposto pela OMS os pré-candidatos informarão o calendário de eventos destinados à propagação das suas plataformas políticas.
“Por enquanto, nos cabe apenas desejar a todos mui…

Prefeitura com mais verbas, contratados ainda sem salário

Apesar da crise de saúde pública, o município de Chapadinha continua recebendo recursos do governo federal para manter os salários em dia. Esta é a conclusão que chegamos ao analisar os números disponíveis no Demonstrativo de Distribuição de Arrecadação do Banco do Brasil.
O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) transferiu para os cofres da Prefeitura mais de 25 milhões de reais (R$ 25.428.087,96) nos quatro primeiros meses do ano. A cifra é 17,09% maior do que o valor recebido no mesmo período de 2019, que já apresentava crescimento de 23,6% em relação ao ano anterior.
Este blog não costuma usar números soltos de maneira sensacionalista. É necessário ler e interpretar com noção de proporção. Será se este valor é realmente grande? Será se é suficiente? Sim. Segundo o próprio prefeito em entrevista ao portal Papo Cidade a folha salarial mensal da Secretaria de Educação, comandada agora pela sua irmã, é de R$ 4.235.649,79. Ou seja, o valor que o município r…