Pular para o conteúdo principal

Íntegra do meu discurso de posse

Meus amigos e minhas amigas,

Vivemos um momento histórico de grande importância para o nosso país, para o nosso estado e para o nosso município. Durantes os oito anos do governo democrático e popular liderado pelo presidente Lula mais de 24 milhões de irmãos brasileiros deixaram a condição de pobreza extrema. Outros 31 milhões de brasileiros ascenderam à classe média. Juntos, esses números representam mais do que a população da França. Este é o tamanho da mobilidade social durante o governo Lula. Esta é a marca do PT.

O governo da presidente Dilma Rousseff, que visa manter este projeto, assume tendo como meta central a extinção da miséria do nosso país. Esta também será nossa obsessão no comando da Secretaria de Assistência Social.

O Maranhão tem a perspectiva de grande crescimento econômico nos próximos anos com a construção da Refinaria Premium da Petrobrás, o gás de Capinzal do Norte e o Nordeste sendo transformado no grande vetor de desenvolvimento na nacional. Assim, nosso partido, o Partido dos Trabalhadores, firmou aliança com a governadora Roseana Sarney, indicando o companheiro Washington Luiz como vice, para trabalharmos no sentido de fazer com que este desenvolvimento chegue para todas as classes sociais.

Neste trabalho, nossa região merece atenção especial. Chapadinha é a principal cidade da região mais pobre do nosso Maranhão, um dos estados com o maior índice de miséria em todo o país. Este é o tamanho do desafio que estou assumindo hoje, mas maior do que este desafio o potencial da nossa cidade e do nosso povo. Por isso lhes digo, parafraseando o ex-presidente Bill Clinton, que temos problemas, mas que não há nada de errado em Chapadinha que não possa ser consertado pelo que há de melhor em Chapadinha.


Ao convidar o PT para este composição, a prefeita mostrou que é uma pessoa de visão, uma pessoa que se preocupa com a geração de emprego e a justiça social. Danúbia abriu as portas do seu governo, com toda a confiança, com muita responsabilidade, de ambos os lados, para a participaçao do PT.

O acordo que ora firmamos com a prefeita Danúbia Carneiro é fruto de um longo processo de debates e negociações. Quando ela nos procurou pela primeira vez, eu não acreditava que chegaríamos a um consenso, mas os dois lados tiveram responsabilidade e se esforçaram para que houvesse um entendimento que beneficiasse nosso município. Apresentamos uma pauta de reivindicações com sete pontos que vão desde a realização de audiências públicas para prestação de contas e orientação das ações do governo até o fortalecimento do Conselho do Plano Diretor, passando pelo aumento do repasse para o FIA e melhoramento urgente da Saúde pública. Todos foram prontamente aceitos pela prefeita.

Assim, decidimos pela composição, não por concordarmos com tudo que aconteceu no governo até aqui, mas exatamente para ajudarmos a dar uma guinada no governo no caminho da melhoria dos serviços públicos. Quando à assistência social, ela deve ser fortalecida e exercida pela condição de pobreza na qual vive nosso povo, mas a nossa principal tarefa é fazer com que cada vez menos pessoas precisem de assistência social.

Antes de terminar, devo citar duas pessoas que não poderiam faltar no meu discurso. A primeira é a pessoa mais importante do mundo: Gabriela Basílio Braga, minha filha, quem tenho sempre no pensamento. É nela que eu penso a cada ação para que, quando cresça, ela tenha orgulho do pai que tem.

Outra pessoa é a secretária Rejamara, que realizou um grande trabalho frente à secretaria, e teve a maturidade e a consciência necessária sobre a importância desta composição política

Prefeita Danúbia Carneiro, sacramentado o acordo, a senhora pode contar conosco sempre com o espírito de lealdade e companheirismo. Agradeço a confiança depositada em mim pela prefeita, pelo vice-governador e pelo meu partido. Sei da expectativa criada com a minha nomeação, sei da responsabilidade e sei também que não os decepcionarei.

Muito obrigado a todos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PACIENTES E PROFISSIONAIS DA SAÚDE RELATAM COLAPSO NA UPA DE CHAPADINHA

Os últimos dias têm sido de exaustão para quem está trabalhando na linha de frente do combate à Covid em Chapadinha. Profissionais da UPA relatam que a unidade entrou em colapso, os leitos estão lotados, pacientes aguardando nos corredores e os funcionários se sentindo impotentes diante o quadro. “Imagina o que é você se doar, prestar um serviço, ver gente morrendo todo dia e as pessoas continuarem suas vidas aglomerando”, desabafou um deles em rede social. Com quadro reduzido de funcionários, os servidores buscam fazer o que é possível, mas as dificuldades estão aumentando num grau insuportável. Enquanto isso pipocam nas redes sociais fotos e vídeos de pacientes e acompanhantes denunciando os problemas que estão enfrentando, principalmente com falta de médicos para atender a demanda crescente. A escala publicada pela Prefeitura mostra o quanto tem sido exigido dos profissionais. Apenas um médico por dia, sendo ora Dr. Kingsley Ifly, que na mesma data atende no HAPA , ora o Dr. Felipe

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a

2022: NOVOS E ANTIGOS NOMES ARTICULAM CANDIDATURAS À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA EM CHAPADINHA E REGIÃO

Políticos e jornalistas só pensam naquilo: a próxima eleição. Os mandatos dos prefeitos eleitos no ano passado mal começaram e os grupos políticos já se preparam para medir forças na disputa pelas cadeiras dos deputados estaduais do Maranhão. Vejamos a situação dos principais nomes olhando a briga: Aluizio Santos : O articulador político do governo municipal não esconde sua pretensão e usa a mini-prefeitura instalada no antigo comitê de Belezinha para preparar sua pré-candidatura. Principal liderança do PL na região, Aluizio conta com a simpatia do deputado federal Josimar de Maranhãozinho e, segundo seus aliados, de 80% do grupo da prefeita. Projeta-se que ele partiria, em Chapadinha, dos 12.400 votos que Belezinha teve em 2018. Karoll Pontes : Carismática, a primeira-filha também é cogitada para a disputa. Teria quase todas as vantagens de Aluizio, além da simpatia do eleitor evangélico e uma relação inquebrantável com a mãe prefeita. Filiada ao antigo PRB, é mais próxima ao vice