Pular para o conteúdo principal

Íntegra do meu discurso de posse

Meus amigos e minhas amigas,

Vivemos um momento histórico de grande importância para o nosso país, para o nosso estado e para o nosso município. Durantes os oito anos do governo democrático e popular liderado pelo presidente Lula mais de 24 milhões de irmãos brasileiros deixaram a condição de pobreza extrema. Outros 31 milhões de brasileiros ascenderam à classe média. Juntos, esses números representam mais do que a população da França. Este é o tamanho da mobilidade social durante o governo Lula. Esta é a marca do PT.

O governo da presidente Dilma Rousseff, que visa manter este projeto, assume tendo como meta central a extinção da miséria do nosso país. Esta também será nossa obsessão no comando da Secretaria de Assistência Social.

O Maranhão tem a perspectiva de grande crescimento econômico nos próximos anos com a construção da Refinaria Premium da Petrobrás, o gás de Capinzal do Norte e o Nordeste sendo transformado no grande vetor de desenvolvimento na nacional. Assim, nosso partido, o Partido dos Trabalhadores, firmou aliança com a governadora Roseana Sarney, indicando o companheiro Washington Luiz como vice, para trabalharmos no sentido de fazer com que este desenvolvimento chegue para todas as classes sociais.

Neste trabalho, nossa região merece atenção especial. Chapadinha é a principal cidade da região mais pobre do nosso Maranhão, um dos estados com o maior índice de miséria em todo o país. Este é o tamanho do desafio que estou assumindo hoje, mas maior do que este desafio o potencial da nossa cidade e do nosso povo. Por isso lhes digo, parafraseando o ex-presidente Bill Clinton, que temos problemas, mas que não há nada de errado em Chapadinha que não possa ser consertado pelo que há de melhor em Chapadinha.


Ao convidar o PT para este composição, a prefeita mostrou que é uma pessoa de visão, uma pessoa que se preocupa com a geração de emprego e a justiça social. Danúbia abriu as portas do seu governo, com toda a confiança, com muita responsabilidade, de ambos os lados, para a participaçao do PT.

O acordo que ora firmamos com a prefeita Danúbia Carneiro é fruto de um longo processo de debates e negociações. Quando ela nos procurou pela primeira vez, eu não acreditava que chegaríamos a um consenso, mas os dois lados tiveram responsabilidade e se esforçaram para que houvesse um entendimento que beneficiasse nosso município. Apresentamos uma pauta de reivindicações com sete pontos que vão desde a realização de audiências públicas para prestação de contas e orientação das ações do governo até o fortalecimento do Conselho do Plano Diretor, passando pelo aumento do repasse para o FIA e melhoramento urgente da Saúde pública. Todos foram prontamente aceitos pela prefeita.

Assim, decidimos pela composição, não por concordarmos com tudo que aconteceu no governo até aqui, mas exatamente para ajudarmos a dar uma guinada no governo no caminho da melhoria dos serviços públicos. Quando à assistência social, ela deve ser fortalecida e exercida pela condição de pobreza na qual vive nosso povo, mas a nossa principal tarefa é fazer com que cada vez menos pessoas precisem de assistência social.

Antes de terminar, devo citar duas pessoas que não poderiam faltar no meu discurso. A primeira é a pessoa mais importante do mundo: Gabriela Basílio Braga, minha filha, quem tenho sempre no pensamento. É nela que eu penso a cada ação para que, quando cresça, ela tenha orgulho do pai que tem.

Outra pessoa é a secretária Rejamara, que realizou um grande trabalho frente à secretaria, e teve a maturidade e a consciência necessária sobre a importância desta composição política

Prefeita Danúbia Carneiro, sacramentado o acordo, a senhora pode contar conosco sempre com o espírito de lealdade e companheirismo. Agradeço a confiança depositada em mim pela prefeita, pelo vice-governador e pelo meu partido. Sei da expectativa criada com a minha nomeação, sei da responsabilidade e sei também que não os decepcionarei.

Muito obrigado a todos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DE NOVO: BELEZINHA TENTA COMPRAR CANDIDATO A VEREADOR E É DENUNCIADA À POLÍCIA

Dinheiro entregue à Polícia Festejada nas redes sociais pela ex-prefeita Belezinha e seus partidários, a adesão do candidato a vereador Lucídio se revelou mais um escândalo que abuso de poder econômico. Anúncio de adesão pela manhã Horas depois do anúncio, Lucídio registrou Boletim de Ocorrência acusando a coligação adversária de lhe ter entregado R$ 5 mil para ele se deixar fotografar ao lado da candidata e apoiá-la. Ao registrar o BO, o candidato apresentou aos policiais o valor que lhe foi entregue, e áudios das conversas entre ele e intermediários da ex-prefeita. Num deles o conhecimento da candidata sobre as negociações é confirmado. A versão foi confirmada por uma testemunha que presenciou a entrega do dinheiro. Após perícias as provas deverão ser encaminhadas para o Ministério Público Eleitoral e nova denúncia de abuso de poder econômico deve ser apresentada contra a candidata. Denúncia feita à tarde Belezinha responde no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ação semelhante p

O que não te disseram sobre a "farra dos contracheques"

Enquanto a gritaria tomava conta das redes sociais, me dediquei a estudar a folha de pagamento da Prefeitura de Chapadinha e verifiquei alguns dados que precisam ser esclarecidos. Primeiro, nenhum vigia “recebe” R$ 6 mil. O presente do indicativo é usado para demonstrar ação continuada. E o vigia Marcelo Costa Abreu, segundo este mesmo Portal da Transparência que serve de fonte para pinçar informações pela metade e causar alvoroço, tem um salário de R$ 1.247,50. Nos meses de Setembro e Outubro ele recebeu gratificações para compensar outros serviços que ele teria prestado à administração municipal, segundo relato dele mesmo em áudio que circula nos grupos de WhatsApp. A tese de "rachadinha" cai por terra A realização destes trabalhos deve ser atestada, mas essa checagem desmonta a tese segunda qual ele receberia um grande salário para dividir com um ex-prefeito e um vereador. Outro dado que tem aparecido de maneira muito distorcida é a lotação de todos os

EM PRIMEIRA MÃO: EX-PREFEITA PERDE O MANDATO DE DEPUTADA

Durou pouco a passagem da ex-prefeita Ducilene Belezinha (PL) na Assembleia Legislativa do Maranhão. Ela havia sido empossada no cargo de deputada estadual no mês passado devendo favor ao deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) que determinou que a esposa, Detinha (PL), saísse de licença. Ocorre que Belezinha foi apenas a quinta suplente da coligação, e sua a posse dependeu do falecimento de um deputado e a nomeação de três parlamentares no secretariado do governador Flávio Dino, mas um deles voltou ontem (6) para o legislativo, aliás, uma secretária: Ana do Gás (PCdoB). Parlamentar com votação expressiva em Chapadinha na eleição de 2014, quando teve o apoio do hoje prefeito Magno Bacelar, a comunista ocupava a Secretaria de Estado da Mulher, mas decidiu reassumir o mandato de deputada levando a ex-prefeita de volta à condição de suplente. Festejado com carreata organizada por seus apoiadores com pouquíssima participação popular, o mandato de Belezinha na Assembleia durou 13 dia