Pular para o conteúdo principal

A debandada anunciada

Ao se encerrar este mês de dezembro, a prefeita de Chapadinha, Danúbia Carneiro, alcançará a metade do tempo previsto para a sua administração sem ainda demonstrar nenhum grande sucesso no cargo.

Líder de um governo cuja definição mais complacente é medíocre, Danúbia apostava que as coisas mudariam de rumo com a eleição certa de seu aliado político, Magno Bacelar, a uma cadeira na Assembléia Legislativa do Estado.

Para espanto de ambos, as urnas não reservaram a Magno posto melhor do que uma segunda suplência sem vistas de assumir o cargo*.

Este cenário só me faz crer que a segunda metade do governo Danúbia será de qualidade tão pueril quanto a primeira. E aqui não estou falando de jóias, calotes ou qualquer outra questão menor. Trato aqui de serviços públicos, de cuidado com a cidade e com os cidadãos.

Não generalizo a incompetência entre os membros do governo. Creio até que há cinco ou seis peças ali presentes que mantêm o mínimo de condição intelectual da administração. O problema de Danúbia é que, avistando ao longe o triste fim deste governo, seus aliados, incluídas as peças chaves, devem deixar o barco e procurar melhor abrigo para as disputas futuras.


*Magno deve ficar de fora

A governadora convidou apenas um deputado estadual do chapão, Max Barros (DEM), para voltar a fazer parte do governo, dando assim espaço para o primeiro suplente, Tatá Milhomem (DEM) assumir o posto. Magno seria o próximo agraciado com a convocação de pelo menos mais um deputado para o secretariado, mas Roseana não demonstra disposição em fazê-lo, pelo contrário. Ricardo Murad (PMDB), que poderia voltar para a Saúde, deve ser o novo presidente da Assembléia e Raimundo Cutrim (DEM), que poderia voltar para a Segurança, deve apoiar a manutenção de Aluísio Mendes no posto.

Além disso, suplentes com votações inferiores à do "nota 10" já foram convidados para postos de destaque na administração estadual. A última saída seria o comando da Gerência Regional do Baixo Parnaíba, mas a luta fratricida entre os grupos políticos de Chapadinha deve fazer com que a governadora chame alguém de outro município para comandar a unidade do Baixo Parnaíba.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a

AS REVELAÇÕES DA FOLHA DE PAGAMENTOS DA PREFEITURA

Com alguns meses de atraso, a Prefeitura de Chapadinha publicou as primeiras folhas de pagamento da gestão da prefeita Belezinha e tem muita informação boa ali para fazer futrica, mas este espaço não se dedica a isso. Os mais afoitos defensores do governo podem ser identificados na lista com os próprios nomes ou de parentes próximos. Alguns deles já devem estar comentando este texto nas redes sociais antes de lê-lo. Não importa. São pequenos, como a maioria das boquinhas que conseguiram. E, além do mais, ninguém acreditava que eles cantavam “eles gostam da mamadinha” durante a campanha eleitoral sem saber que era exatamente disso que eles estavam em busca. É assim mesmo. A guerra no Whatsapp geralmente acontece com "mamadores" apontando "desmamados" A folha está encharcada de cabos eleitorais e ex-candidatos? Sim. Parentes de vereadores e suplentes? Também. Há ainda "anomalias curiosas", como a do Técnico em Imobilização contratado pelo Hapa com salári

DRA. THAIZA DEFENDE GOVERNADOR E COBRA ENTREGA DA UPA PARA O ESTADO

Chapadinha foi destaque na sessão de hoje da Assembleia Legislativa. Tudo começou quando a deputada Dra. Thaiza subiu à tribuna para registrar a cerimônia de inauguração do asfalto aplicado nos bairros Areal e Cohab com emendas destinadas pelo seu mandato. A parlamentar aproveitou a oportunidade para lembrar as várias ações do governo estadual no município e saiu em defesa do governador, contra os ataques feitos pela prefeita Belezinha. “São mais de R$ 4 milhões investidos todo mês na Saúde para manter o Hospital Regional. É incalculável o impacto positivo deste investimento para a região. Imaginem a quantidade de consultas, exames e internações, lembremos a procissão de ambulância que tinha de vir para São Luís. É uma injustiça absurda não reconhecer os benefícios levados a Chapadinha e região pelo governo Flávio Dino”, destacou. O deputado Paulo Neto saiu em defesa de Belezinha afirmando que o vídeo em que ela ataca o governador seria de 90 dias atrás e teria sido requentado pela