Pular para o conteúdo principal

São Luís 2012

Na política é assim. Quando uma eleição passa, logo se começa a pensar na próxima.

Apurados os votos da disputa estadual, já começaram as especulações sobre a disputa pela prefeitura da capital maranhense em 2012.

O cidadão ludovicense, de forma geral, ainda não está preocupado com a eleição, mas político e jornalista adora conjecturar. Eu, então, não perco tempo.

1. Apesar da péssima administração, que vem deixando a cidade cada vez mais suja, esburacada e mal cuidada, o o atual prefeito, João Castelo (PSDB), é candidato natural à reeleição e não deixa de ser o favorito na disputa, afinal, terá a máquina na mão e certamente não buscará atrito com o governo Roseana pelos próximos dois anos.

2. Se Castelo não pensa em deixar o Palácio de La Ravardière, quem está cheio de vontade de tirá-lo dali é o ex-prefeito Tadeu Palácio. Indicado pelo sarneysismo para ser vice na chapa de Jackson Lago (PDT) em 2000 e "reeleito" para o comando da prefeitura em 2004, Tadeu deixou o cargo bem avaliado e é pré-candidato desde o dia que deixou o posto nas mãos de Castelo.

Tadeu deve ser o candidato de Roseana, que já mandou avisar que quer seu grupo também no comando político de São Luís. Roseana, é bom lembrar, ficou em primeiro lugar na capital com 43,2% dos votos válidos.

3. Derrotado por Castelo no segundo turno de 2008, Flávio Dino (PCdoB) é outro candidatíssimo. Mesmo sem mandato e podendo não ter aliança com nenhum partido, o comunista deve entrar na disputa e poderá ficar com a marca de perdedor caso seja, mais uma vez, derrotado.

4. O resultado das urnas colocou mais um nome forte nessa disputa. O vereador e deputado federal eleito Edvaldo Holando Júnior (PTC) foi o mais votado em São Luís tendo nada menos que 72 mil votos. Chegou até perto dos 77 mil votos que Jackson teve como candidato a governador. O nome de Holanda Junior está no tabuleiro e só deve deixar de disputa caso seu pai, o deputado estadual não reeleito Edvaldo Holanda repactue com o ex-aliado Castelo, o que poderia lhe garantir o posto de candidato a vice-prefeito.

Até aqui nenhuma novidade. Mas uma análise mais profunda dos números pode colocar um outro personagem na disputa: O PT.

Em processo de renovação e fortalecimento, o partido do vice-governador eleito do estado, Washington Luiz (foto), foi o quarto mais votado em São Luís na eleição para deputado estadual. Na disputa pelas vagas de deputado federal, os candidatos do partido somaram 41 mil votos em São Luís, mais do que os do PSDB do prefeito e os do PDT, que comandou a prefeitura pelos três mandatos anteriores.

Quem acompanhou a última eleição sabe que o "fenômemo" Flávio Dino foi carregado pelo PT e que, portanto, o partido pode alçar voo solo e entrar na disputa pra valer. Mesmo se não lograr êxito em conquistar a prefeitura, a candidatura majoritária ajudará o partido a, pelo menos, eleger vereadores e ampliar sua base social debatendo com os eleitores o modo petista de governar.

Nomes dispostos a liderar esta chapa e espaço político em aberto não faltarão. Se não quiser ser coadjuvante e pensa em se fortalecer pra valer, o PT não deixará essa oportunidade passar e terá candidato próprio à prefeitura de São Luís em 2012.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ALUIZIO SANTOS FALA SOBRE SUA SAÚDE

O secretário Aluizio Santos concedeu entrevista ao programa Alerta Geral, apresentado pelo jornalista Luis Carlos Jr. na rádio Cultura de Chapadinha, nesta manhã (10) e tratou do assunto que já estava dominando as rodas de conversa da política local: seu estado de saúde. Segundo o relato, desde o mês de junho ele estava acompanhando o aumento de dois linfonodos na sua virilha e decidiu, com a equipe de médicos que o acompanha em Chapadinha, pela remoção cirúrgica de ambos. O procedimento aconteceu no dia 25 de outubro e desde então ele ficou em repouso. O diagnóstico conclusivo sobre o tratamento de saúde ao qual ele precisará se submeter deverá ser apresentado em 10 dias, mas Aluizio tem voltado às atividades políticas, inclusive às articulações da sua pré-candidatura a deputado estadual. Assista o vídeo da entrevista no final da matéria.   ENTENDA O QUADRO A íngua é o inchaço dos linfonodos, pequenos órgãos do sistema linfático que atuam na defesa do organismo humano prod

BELEZINHA ASFALTOU ATÉ O CAMINHO PARA A REELEIÇÃO

Passada a eleição estadual, o único grupo vencedor em Chapadinha foi o que já ocupa a Prefeitura. O resto se dividiu entre sobreviventes, humilhados e aposentados. Após ter sido a candidata a deputada estadual mais votada da história do município em 2018, com 12.403 votos, Belezinha alargou o recorde com os 18.548 votos de Aluizio Santos, elegendo-o para o cargo e vendo os adversários absolutamente perdidos. Se na eleição anterior os demais grupos se dividiram em 8 candidaturas acima da faixa de 500 votos, somando 17.752, desta vez foram 11 candidaturas e apenas 15.109 votos. A pulverização e o desempenho fraco já demonstram que a oposição teria dificuldade de derrotar a prefeita mesmo se conseguisse uma improvável união para 2024. Entre os derrotados da eleição destacam-se os ex-prefeitos. Dr. Magno Bacelar passou pelo segundo constrangimento seguido (e desnecessário) sem conseguir mais do que 679 votos para Adriano Sarney e Isaías Fortes, que ficou aquém do prometido a Davi Bra

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a