Pular para o conteúdo principal

Oportunista, Zé Reinaldo admite só agora seu apoio a Serra

Taí uma coisa que eu gosto: estar certo. 
Adoro quando alguém teima comigo e o tempo 
(ah, o tempo) prova que eu estava certo.


O ex-governador do Maranhão e candidato a senador recém derrotado José Reinaldo Tavares (PSB) concedeu entrevista na última sexta-feira para anunciar aquilo que até as estátuas dos leões em frente ao palácio do governo estadual já sabiam: ele apóia José Serra.


Zé Reinaldo é a personificação do anti-PT, do anti-Lula, do anti-Dilma e só não vê isso quem se deixa cegar pelos discursos demagogos daqueles que afirmam construir uma alternativa política utilizando-se dos mesmos métodos que dizem condenar.


Com o mesmo oportunismo de quem viveu mais de trinta anos dentro de um grupo político e hoje se diz o maior opositor aos antigos companheiros, Zé Reinaldo tentou esconder durante o primeiro turno sua predileção por Serra. Candidato ao Senado, sabia que declarar apoio ao tucano só lhe tiraria voto. Tavares tentou omitir do eleitor sua verdadeira face, mas o povo maranhense lembra quem ele é e lhe deu o troco nas urnas.

Os maranhenses, que deram 70% dos votos para Dilma Rousseff, sabiam que, se eleito, Zé Reinaldo iria para o Senador fazer oposição ao governo petista. Os únicos que não sabiam disso, ou fingiam não saber, eram o deputado "petista" Domingos Dutra e sua trupe. Escondidos atrás do discurso do anti-sarneysmo, Dutra, Bira do Pindaré e outros defenderam com unhas e dentes a candidatura de Tavares "por ele ter rompido com Sarney", ou seja, apoiaram uma candidatura a senador de oposição a Dilma para manter o discurso anti-sarney, o único que eles têm e que lhes mantêm alguma relevância política..


Como Jackson, Zé Reinaldo taxa Flávio Dino de sarneista


Ao tentar justificar seu voto em Serra, Zé Reinaldo encheu o peito e declarou durante a entrevista: "Votar em Dilma é votar em Sarney". Ora, mas seu pupilo candidato derrotado ao governo, Flávio Dino, apóia Dilma. Então Zé Reinaldo crê que Flávio Dino apóie José Sarney por votar em Dilma?


O ex-governador Jackson Lago (PDT), que anunciou seu apoio a José Serra desde o primeiro turno e ficou com mirrados 19% dos votos na tentativa de voltar ao Palácio dos Leões, também provocou o comunista ao justificar sua posição nacional com base no anti-sarneismo. “Como uma pessoa [Flávio Dino] quer combater este grupo [Sarney] fortalecendo-o nacionalmente?”, indagou em entrevista coletiva concedida após o primeiro turno.

Zé Reinaldo, principal motivo de Dino não ter o apoio do PT

A orelha de Zé Reinaldo devia estar queimando de tão quente durante a reunião do Diretório Nacional do PT que decidiu pelo acordo do partido com o PMDB na disputa pelo governo do Maranhão e em reuniões anteriores. A aliança de Flávio Dino com ele foi um dos principais argumentos daqueles que defendiam a anulação do encontro que decidira pelo apoio ao candidato comunista.

Sabedor de que Zé Reinaldo não passa de um tucano enrustido (há tantos no Maranhão), o próprio presidente nacional da legenda, José Eduardo Dutra, afirmou durante reunião. "Passei a tarde de ontem lendo o blog deste Zé Reinaldo. Não dá para o nosso partido apoiar quem escreve essas coisas" defendeu. Além de Eduardo Dutra, encaminharam contra o apoio do PT à dupla Zé Reinaldo-Flávio Dino os ex-presidentes José Dirceu, José Genoino e Ricardo Berzoini.

Resultado: PT longe de Zé Reinaldo e no caminho certo.

Comentários

Nada como a escola do PMDB para mostrar a esse pessoal qual tipo de política dá certo por aqui. (infelizmente)

Morro de rir quando vejo na propaganda do PT a afirmação de que possuem "maioria absoluta" no Congresso e que será difícil outro governar. Essa "maioria" é dada pelo PMDB que é governo desde o fim da ditadura até quando sequer lança candidato à presidência.

Assim, os outros partidos aprendem que o "quente" é jogar onde o poder estiver.

Postagens mais visitadas deste blog

DE NOVO: BELEZINHA TENTA COMPRAR CANDIDATO A VEREADOR E É DENUNCIADA À POLÍCIA

Dinheiro entregue à Polícia Festejada nas redes sociais pela ex-prefeita Belezinha e seus partidários, a adesão do candidato a vereador Lucídio se revelou mais um escândalo que abuso de poder econômico. Anúncio de adesão pela manhã Horas depois do anúncio, Lucídio registrou Boletim de Ocorrência acusando a coligação adversária de lhe ter entregado R$ 5 mil para ele se deixar fotografar ao lado da candidata e apoiá-la. Ao registrar o BO, o candidato apresentou aos policiais o valor que lhe foi entregue, e áudios das conversas entre ele e intermediários da ex-prefeita. Num deles o conhecimento da candidata sobre as negociações é confirmado. A versão foi confirmada por uma testemunha que presenciou a entrega do dinheiro. Após perícias as provas deverão ser encaminhadas para o Ministério Público Eleitoral e nova denúncia de abuso de poder econômico deve ser apresentada contra a candidata. Denúncia feita à tarde Belezinha responde no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ação semelhante p

PACIENTES E PROFISSIONAIS DA SAÚDE RELATAM COLAPSO NA UPA DE CHAPADINHA

Os últimos dias têm sido de exaustão para quem está trabalhando na linha de frente do combate à Covid em Chapadinha. Profissionais da UPA relatam que a unidade entrou em colapso, os leitos estão lotados, pacientes aguardando nos corredores e os funcionários se sentindo impotentes diante o quadro. “Imagina o que é você se doar, prestar um serviço, ver gente morrendo todo dia e as pessoas continuarem suas vidas aglomerando”, desabafou um deles em rede social. Com quadro reduzido de funcionários, os servidores buscam fazer o que é possível, mas as dificuldades estão aumentando num grau insuportável. Enquanto isso pipocam nas redes sociais fotos e vídeos de pacientes e acompanhantes denunciando os problemas que estão enfrentando, principalmente com falta de médicos para atender a demanda crescente. A escala publicada pela Prefeitura mostra o quanto tem sido exigido dos profissionais. Apenas um médico por dia, sendo ora Dr. Kingsley Ifly, que na mesma data atende no HAPA , ora o Dr. Felipe

EXPOSTA A MÁQUINA DE COMPRA DE APOIOS DE BELEZINHA

Quem dizia que já estava com a eleição decidida abriu a carteira para tentar vencer na força do dinheiro.  O Blog do Alexandre Pinheiro publicou uma séria de mensagens e áudios envolvendo personagens da campanha da ex-prefeita Belezinha que explicam as últimas declarações de apoio à candidata. Leia aqui a matéria. Só sorrisos Denunciada à Polícia por ter tentado comprar o apoio do candidato a vereador Lucídio Santos por R$ 5 mil, Belezinha tem alegado ter sido alvo de uma armação, mas os diálogos expostos agora comprovam que a iniciativa de negociar com ele partiu de um dos seus partidários presente na foto que anunciava a adesão de Lucídio. (Áudios no final deste texto) Nos áudios o candidato chega a descartar a possibilidade de acordo (vídeo 1), mas o articulador Aluízio Santos insiste em conversar pessoalmente e noutro momento Lucídio aparece agradecendo a Shicleiton Sousa (vídeo 2) pelos R$ 5 mil posteriormente entregues à Polícia. Sem imagens e com áudio de pouca qualidade,