Pular para o conteúdo principal

"O Maranhão não pode parar" faz barba, cabelo e bigode

Depois de uma apuração dramática, a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), foi reeleita para o cargo recebendo 1.459.792 votos ou 50,08% dos votos válidos. O segundo colocado foi o deputado comunista Flávio Dino com 29,4% dos votos. O governador cassado Jackson Lago (PDT) obteve 19,5%, amargando a terceira colocação. A vitória da chapa Roseana-Washington Luiz, comprovou o acerto da aliança PT-PMDB.

A coligação "O Maranhão Não Pode Parar" elegeu ainda os dois senadores, Edson Lobão e João Alberto, além de 13 dos 18 deputado federais e 30 dos 42 deputados estaduais.

Na disputa presidencial, a candidata petista, que contou com o apoio integral da chapa roseanista, teve 70,6% dos votos, contra 15% de José Serra (PSDB) e 13,5% de Marina Silva (PV).

Se por um lado o PMDB e o PT são os grandes vitoriosos dessa eleição, Jackson Lago (PDT) e Zé Reinaldo Tavares (PSB), que pintaram o sete há quatro anos, são os grandes derrotados. O "velhinho" não teve estrutura, não teve energia, não teve empolgação e, mais importante, não teve voto. Nem em São Luís, onde foi prefeito por três vezes, ele se deu bem. Não passou de 15,4% dos votos.

O Zé Reinaldo perdeu a disputa por uma vaga no Senado, viu seu candidato a governador morrer na praia e sua ex-esposa, Alexandra Tavares, amargar uma votação pífia. Aos Tavares, só restou o mandato de deputado estadual de Marcelo e só.

Flávio Dino não ganhou, mas também não pode ser considerado um derrotado. Estadualizou seu nome em apenas quatro anos na política e continua sendo o que sempre foi: Um político promissor.

Apesar de ter sido acompanhado por Zé Reinaldo Tavares e PPS, Flávio Dino apoia Dilma e o segundo turno presidencial o coloca na mesma trincheira de Roseana, o que pode aumentar os laços entre os dois. Aguardemos para conferir.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ALUIZIO SANTOS FALA SOBRE SUA SAÚDE

O secretário Aluizio Santos concedeu entrevista ao programa Alerta Geral, apresentado pelo jornalista Luis Carlos Jr. na rádio Cultura de Chapadinha, nesta manhã (10) e tratou do assunto que já estava dominando as rodas de conversa da política local: seu estado de saúde. Segundo o relato, desde o mês de junho ele estava acompanhando o aumento de dois linfonodos na sua virilha e decidiu, com a equipe de médicos que o acompanha em Chapadinha, pela remoção cirúrgica de ambos. O procedimento aconteceu no dia 25 de outubro e desde então ele ficou em repouso. O diagnóstico conclusivo sobre o tratamento de saúde ao qual ele precisará se submeter deverá ser apresentado em 10 dias, mas Aluizio tem voltado às atividades políticas, inclusive às articulações da sua pré-candidatura a deputado estadual. Assista o vídeo da entrevista no final da matéria.   ENTENDA O QUADRO A íngua é o inchaço dos linfonodos, pequenos órgãos do sistema linfático que atuam na defesa do organismo humano prod

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a

PREFEITURA INFORMA: VACINAÇÃO ATRASADA EM CHAPADINHA

Sábado meio-dia. Fim de expediente no comércio e quem ainda não foi pro interior está se preparando para o descanso merecido. Foi neste momento a Prefeitura de Chapadinha foi às redes sociais publicar informações sobre a vacinação no município e acabou revelando dados preocupantes. Já se suspeitava que os números não seriam positivos desde o dia em que o governo do estado liberou do uso de máscaras os moradores de municípios com mais de 70% de vacinação. A ausência de Chapadinha da lista era um sinal e a confirmação veio neste final de semana. Segundo o texto veiculado pela Prefeitura, apenas 60% dos adultos estariam vacinados no município e, ainda assim, este número considera os maiores de 18 anos. O índice usado pelo governo estadual considera a vacinação dos maiores de 12 anos. Mais gente para ser considerada faz com que o percentual seja, na verdade, ainda menor. Para efeito de comparação, a Áustria vive agora sua maior onda de mortes por ser o país com menor vacinação na Eur