Pular para o conteúdo principal

Está nascendo um novo PT no Maranhão

Outrora marcado pela desorganização e pela falta de norte político, o PT do Maranhão vem dando sinais de que começa a surgir um novo momento para o partido.

Para sentir a diferença basta comparar a participação do PT no atual processo eleitoral com a da última eleição geral.

Em 2006, o ex-ministro Edson Vidigal, então filiado ao PSB, achava que seria a principal figura da disputa eleitoral (ele acreditou em Zé Reinaldo), mas não passou de um coadjuvante do esquema jackson-reinaldista. Ao PT coube indicar seu vice. Ou seja, o partido assumiu o papel de coadjuvante do coadjuvante. O partido não elegeu seu candidato a senador, apenas um deputado federal e dois deputados estaduais.

Hoje, o partido está no processo eleitoral como protagonista. Disputado por várias chapas, o partido fechou acordo com o PMDB e compõe a coligação "O Maranhão não pode parar" com a vaga de vice-governador sendo ocupada por Washington Luiz, histórico militantes dos movimentos sociais e entusiasta do novo momento vivido pelo PT no estado.

"Nosso deputado estadual mais votado na eleição passada teve 16 mil votos, o segundo teve 11 mil e hoje nós temos vários candidatos com perspectivas reais de passar dos 20 mil votos", comemora Washington Luiz. Confirmando-se as projeções, a bancada petista na Assembléia Legislativa deve crescer dos atuais dois membros para três ou até quatro. Na disputa pelas vagas de deputado federal, mesmo estando no chamado "chapão", o partido tem dois candidatos com grandes chances e outros podendo surpreender.

Este novo momento vem sendo construído desde o último Processo de Eleição Direta (PED), em novembro do ano passado, quando mais de 13 mil filiados foram às urnas eleger Raimundo Monteiro como o novo presidente do Diretório Estadual do partido. Fundador do PT e da CUT, que também já presidiu no Maranhão, Monteiro foi o escolhido pela militância petista para liderar o partido neste novo momento e desde assumiu o posto levou a representação maranhense da legenda de volta à linha política do Diretório Nacional e do projeto liderado pelo presidente Lula. "Podemos, ao mesmo tempo, dar a maior vitória para a Dilma aqui no Maranhão e ainda fortalecer o nosso partido. Temos um ótimo cenário para os próximos anos", afirma Monteiro, que hoje é candidato a deputado federal com o número 1311.

Comentários

Vim aqui te convidar para agente se seguir pelo BLog. O meu é
http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

estou lhe aguardando.

Postagens mais visitadas deste blog

ALUIZIO SANTOS FALA SOBRE SUA SAÚDE

O secretário Aluizio Santos concedeu entrevista ao programa Alerta Geral, apresentado pelo jornalista Luis Carlos Jr. na rádio Cultura de Chapadinha, nesta manhã (10) e tratou do assunto que já estava dominando as rodas de conversa da política local: seu estado de saúde. Segundo o relato, desde o mês de junho ele estava acompanhando o aumento de dois linfonodos na sua virilha e decidiu, com a equipe de médicos que o acompanha em Chapadinha, pela remoção cirúrgica de ambos. O procedimento aconteceu no dia 25 de outubro e desde então ele ficou em repouso. O diagnóstico conclusivo sobre o tratamento de saúde ao qual ele precisará se submeter deverá ser apresentado em 10 dias, mas Aluizio tem voltado às atividades políticas, inclusive às articulações da sua pré-candidatura a deputado estadual. Assista o vídeo da entrevista no final da matéria.   ENTENDA O QUADRO A íngua é o inchaço dos linfonodos, pequenos órgãos do sistema linfático que atuam na defesa do organismo humano prod

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a

PREFEITURA INFORMA: VACINAÇÃO ATRASADA EM CHAPADINHA

Sábado meio-dia. Fim de expediente no comércio e quem ainda não foi pro interior está se preparando para o descanso merecido. Foi neste momento a Prefeitura de Chapadinha foi às redes sociais publicar informações sobre a vacinação no município e acabou revelando dados preocupantes. Já se suspeitava que os números não seriam positivos desde o dia em que o governo do estado liberou do uso de máscaras os moradores de municípios com mais de 70% de vacinação. A ausência de Chapadinha da lista era um sinal e a confirmação veio neste final de semana. Segundo o texto veiculado pela Prefeitura, apenas 60% dos adultos estariam vacinados no município e, ainda assim, este número considera os maiores de 18 anos. O índice usado pelo governo estadual considera a vacinação dos maiores de 12 anos. Mais gente para ser considerada faz com que o percentual seja, na verdade, ainda menor. Para efeito de comparação, a Áustria vive agora sua maior onda de mortes por ser o país com menor vacinação na Eur