Pular para o conteúdo principal

Paulo Octávio não tem coragem de peitar Arruda


Um dos principais jornalistas do sistema oficial de comunicação do GDF, Ricardo Callado, anunciou hoje em seu blog:

"Das quatro vagas do grupo governista na chapa majoritária para as eleições de 2010, duas já estão definidas. O governador José Roberto Arruda (DEM) e o seu vice e atual governador em exercício, Paulo Octávio (DEM) irão repetir a dobradinha vitoriosa de 2006. Mas, há possibilidade de inversão de posições. A decisão oficial foi divulgada hoje durante almoço no Hotel Kubstichek Plaza, por Paulo Octávio. Ele reuniu um grupo de vinte pessoas, entre políticos e amigos, que teve participação decisiva na articulação da chapa de 2006, quando os dois travavam uma disputa interna para definir quem seria o candidato a governador. O grupo foi atuante para evitar que desunião dentro do partido, que podia levar os dois candidatos a derrota."

Será que o vice-governador é tão ingênuo assim? Ele realmente continua acreditando em acordo do Arruda?!

O violador do painel do Senado é candidatíssimo a reeleição e Paulo Octávio não tem peito pra cobrar o acordo que fizeram em 2006. Pra quem não lembra, o PFL estava dividido entre as pré-candidaturas de Arruda e PO e, para resolver o pepino, o primeiro propôs ser o candidato do partido em 2006 e apoiar o segundo em 2010.

Se Paulo Octávio tivesse coragem, o acordo seria cumprido. Primeiro porque ele que é o presidente regional do PFL, segundo porque a direção nacional da legenda prefere ele a Arruda, que já teria prometido ao presidente Lula não fazer campanha contra Dilma.

A tendência é a chapa ser a mesma de 2006, Arruda para governador e PO para vice. As duas vagas para o Senado serão negociadas com PMDB, PSDB, PR, PP e com o próprio DEM.


Foto: Agência Brasil

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PACIENTES E PROFISSIONAIS DA SAÚDE RELATAM COLAPSO NA UPA DE CHAPADINHA

Os últimos dias têm sido de exaustão para quem está trabalhando na linha de frente do combate à Covid em Chapadinha. Profissionais da UPA relatam que a unidade entrou em colapso, os leitos estão lotados, pacientes aguardando nos corredores e os funcionários se sentindo impotentes diante o quadro. “Imagina o que é você se doar, prestar um serviço, ver gente morrendo todo dia e as pessoas continuarem suas vidas aglomerando”, desabafou um deles em rede social. Com quadro reduzido de funcionários, os servidores buscam fazer o que é possível, mas as dificuldades estão aumentando num grau insuportável. Enquanto isso pipocam nas redes sociais fotos e vídeos de pacientes e acompanhantes denunciando os problemas que estão enfrentando, principalmente com falta de médicos para atender a demanda crescente. A escala publicada pela Prefeitura mostra o quanto tem sido exigido dos profissionais. Apenas um médico por dia, sendo ora Dr. Kingsley Ifly, que na mesma data atende no HAPA , ora o Dr. Felipe

Belezinha pede bloqueio de R$ 7 milhões do município. Veja a decisão da juíza.

A prefeita eleita Ducilene Belezinha solicitou à Justiça o bloqueio de R$ 7.189.181,45 (sete milhões, cento e oitenta e nove mil, cento e oitenta e um reais e quarenta e cinco centavos) dos cofres do município. O valor é a média da despesa mensal com pessoal ativo do Município de Chapadinha segundo o Relatório de Gestão Fiscal mais recente. O pedido se baseia no receio que servidores tem apresentado sobre o recebimento dos salários de dezembro e ainda o não pagamento de 1. Comissionados e contratados da Educação em Novembro, 2. Os 50% do décimo terceiro dos efetivos da Educação e 3. O décimo terceiro integral dos efetivos da Saúde, dos aposentados e dos pensionistas. A juíza Welinne de Souza Coelho negou o pedido lembrando que o artigo 160 da Constituição Federal veda tal retenção e que o Tribunal de Justiça do Maranhão tem entendimento pacificado pela impossibilidade de bloqueio de verbas públicas, salvo circunstâncias excepcionais. Na decisão a juíza citou relatório do desemba

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a