Pular para o conteúdo principal

Filipelli vice de Agnelo?


Do Blog da Paola:

"Logo depois da filiação dos dissidentes peemedebistas do MR8 ao PT, na sexta-feira (2), o presidente regional do partido, Chico Vigilante, telefonou ao presidente regional do PMDB, Tadeu Filippelli. O gesto, mais do que garantir que não haveria saia justa por conta da filiação dos ex-peemedebistas, marcou o início de futuras conversas para 2010."

Ao que tudo indica, PT e PMDB fecharão acordo na disputa presidencial. Claro que haverão dissidências, se não houvesse não seria o PMDB, mas um bom tempo do horário eleitoral será garantido para a candidata(o) governista.

Para que essa aliança não seja virtual, os problemas estaduais devem ser aparados. Em alguns estados, como Pernambuco e Rio Grande do Sul, não tem como ter acordo, até porque o PMDB nesses estados apoiará o candidato tucano.

Não tem sentido o PMDB lançar o ministro Geddel Vieira Lima candidato a governador da Bahia contra o Jaques Wagner.

Também não dá pro PT lançar o prefeito Lindberg Farias para disputar contra o governador Sérgio Cabral no Rio de Janeiro.

O PT pode apoiar a candidatura a reeleição da governadora Roseana Sarney, no Maranhão. Mas o PMDB não pode atrapalhar a reeleição da governador Ana Júlia, no Pará.

Nesses acordos, o DF pode ser incluído. Principalmente se o presidente da Câmara Michel Temer (PMDB) ocupar mesmo a vaga de vice na chapa petista.

O deputado Tadeu Filipelli nasceu na política sob a sombra do ex-governador Joaquim Roriz. Cresceu politicamente e tornou-se protegido de Temer, a ponto de enxotar Roriz do PMDB do DF, do qual hoje é presidente.

Se for para garantir a vaga de vice-presidente para Temer, Filipelli pode fechar acordo com o PT em Brasília.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PACIENTES E PROFISSIONAIS DA SAÚDE RELATAM COLAPSO NA UPA DE CHAPADINHA

Os últimos dias têm sido de exaustão para quem está trabalhando na linha de frente do combate à Covid em Chapadinha. Profissionais da UPA relatam que a unidade entrou em colapso, os leitos estão lotados, pacientes aguardando nos corredores e os funcionários se sentindo impotentes diante o quadro. “Imagina o que é você se doar, prestar um serviço, ver gente morrendo todo dia e as pessoas continuarem suas vidas aglomerando”, desabafou um deles em rede social. Com quadro reduzido de funcionários, os servidores buscam fazer o que é possível, mas as dificuldades estão aumentando num grau insuportável. Enquanto isso pipocam nas redes sociais fotos e vídeos de pacientes e acompanhantes denunciando os problemas que estão enfrentando, principalmente com falta de médicos para atender a demanda crescente. A escala publicada pela Prefeitura mostra o quanto tem sido exigido dos profissionais. Apenas um médico por dia, sendo ora Dr. Kingsley Ifly, que na mesma data atende no HAPA , ora o Dr. Felipe

Belezinha pede bloqueio de R$ 7 milhões do município. Veja a decisão da juíza.

A prefeita eleita Ducilene Belezinha solicitou à Justiça o bloqueio de R$ 7.189.181,45 (sete milhões, cento e oitenta e nove mil, cento e oitenta e um reais e quarenta e cinco centavos) dos cofres do município. O valor é a média da despesa mensal com pessoal ativo do Município de Chapadinha segundo o Relatório de Gestão Fiscal mais recente. O pedido se baseia no receio que servidores tem apresentado sobre o recebimento dos salários de dezembro e ainda o não pagamento de 1. Comissionados e contratados da Educação em Novembro, 2. Os 50% do décimo terceiro dos efetivos da Educação e 3. O décimo terceiro integral dos efetivos da Saúde, dos aposentados e dos pensionistas. A juíza Welinne de Souza Coelho negou o pedido lembrando que o artigo 160 da Constituição Federal veda tal retenção e que o Tribunal de Justiça do Maranhão tem entendimento pacificado pela impossibilidade de bloqueio de verbas públicas, salvo circunstâncias excepcionais. Na decisão a juíza citou relatório do desemba

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a