Pular para o conteúdo principal

Zé Eduardo para presidente

Ocorreu ontem o lançamento do ex-senador e ex-presidente da Petrobrás José Eduardo Dutra como candidato a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores.

Dutra concorrerá com o apoio dos campos "Construindo Um Novo Brasil", "Partido de Luta e de Massas (PTLM)", "Novos Rumos", "Democracia Radical" e outras tendência regionais.

Outros candidatos compareceram ao ato para demonstrar a unidade do partido. Os deputados José Eduardo Cardoso, que concorre com o apoio da "Mensagem ao Partido", Iriny Lopes, da "Articulação de Esquerda" e Geraldo Magela, do "Movimento PT". Este último, em discurso, defendeu que o Processo de Eleições Diretas (PED) seja adiantado em 30 dias para que o substituto de Ricardo Berzoini comece a trabalhar o quanto antes.

Durante o ato, dois cumprimentos foram destaque. O primeiro foi o do ministro Patrus Ananias, que se levantou e foi até o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel quanto este foi chamado a compor a mesa. Apesar desta demonstração de coesão, o que mais chamou a atenção dos presentes foi o incidente entre o senador Eduardo Suplicy e o presidente do partido, Ricardo Berzoini.

Suplicy chegou atrasado e foi cumprimentar todos os componentes da mesa, mas ficou com a mão ao ar quando a estendeu a Berzoini.


Discursos emocionados

Dois discursos levantaram os presentes em palmas. O da senadora Ideli Salvatti (SC) e do próprio candidato.

Ideli defendeu o partido e o governo dizendo que as chances da oposição voltar ao poder estão ficando cada vez mais distante e difícil e por isso a oposição criava toda uma crise atrás de outra e enquanto isso foi aprovada na manhã de ontem, na Comissão de Educação do Senado, a 15ª universidade federal criada no governo Lula.

Em crítica a companheiros de bancada a senadora declarou: "No Senado, deveríamos ganhar adicional de de periculosidade e de insalubridade. E ai de quem não entende o pesado jogo jogado ali, ai de quem não entender o que está em jogo".

Zé Eduardo Dutra também defendeu o partido e o governo destacando a diferença entre a política econômica atual para a de outrem e, arrancando gargalhadas dos presentes, criticou o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, que afirmou que o presidente Lula não fará o sucessor. "Eu encontrei o Montenegro no início do ano e ele me disse que o Botafogo iria ser campeão carioca, e pior que daquela vez eu acreditei", brincou.

Mas o momento alto do seu discurso foi a homenagem prestada a todos os ex-presidentes do partido, os quais ele citou um a um lembrando suas qualidades. Os aplausos mais efusivos apareceram quando ele lembrou José Dirceu e José Genoíno, este estando presente foi às lágrimas com as palavras de Dutra: "Eu quero estar a altura de um dos melhores deputados federais que já tiveram cadeira nesta casa, um guerreiro que, na ditadura, teve seu corpo torturado, e na democracia, foi vítima de um cerco das mesmas forças políticas. Quero estar a altura do meu companheiro José Genoíno", declarou.

As eleições internas do PT acontecerão nos dias 22 de novembro (1º turno) e 6 de dezembro (2º turno).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ALUIZIO SANTOS FALA SOBRE SUA SAÚDE

O secretário Aluizio Santos concedeu entrevista ao programa Alerta Geral, apresentado pelo jornalista Luis Carlos Jr. na rádio Cultura de Chapadinha, nesta manhã (10) e tratou do assunto que já estava dominando as rodas de conversa da política local: seu estado de saúde. Segundo o relato, desde o mês de junho ele estava acompanhando o aumento de dois linfonodos na sua virilha e decidiu, com a equipe de médicos que o acompanha em Chapadinha, pela remoção cirúrgica de ambos. O procedimento aconteceu no dia 25 de outubro e desde então ele ficou em repouso. O diagnóstico conclusivo sobre o tratamento de saúde ao qual ele precisará se submeter deverá ser apresentado em 10 dias, mas Aluizio tem voltado às atividades políticas, inclusive às articulações da sua pré-candidatura a deputado estadual. Assista o vídeo da entrevista no final da matéria.   ENTENDA O QUADRO A íngua é o inchaço dos linfonodos, pequenos órgãos do sistema linfático que atuam na defesa do organismo humano prod

BELEZINHA ASFALTOU ATÉ O CAMINHO PARA A REELEIÇÃO

Passada a eleição estadual, o único grupo vencedor em Chapadinha foi o que já ocupa a Prefeitura. O resto se dividiu entre sobreviventes, humilhados e aposentados. Após ter sido a candidata a deputada estadual mais votada da história do município em 2018, com 12.403 votos, Belezinha alargou o recorde com os 18.548 votos de Aluizio Santos, elegendo-o para o cargo e vendo os adversários absolutamente perdidos. Se na eleição anterior os demais grupos se dividiram em 8 candidaturas acima da faixa de 500 votos, somando 17.752, desta vez foram 11 candidaturas e apenas 15.109 votos. A pulverização e o desempenho fraco já demonstram que a oposição teria dificuldade de derrotar a prefeita mesmo se conseguisse uma improvável união para 2024. Entre os derrotados da eleição destacam-se os ex-prefeitos. Dr. Magno Bacelar passou pelo segundo constrangimento seguido (e desnecessário) sem conseguir mais do que 679 votos para Adriano Sarney e Isaías Fortes, que ficou aquém do prometido a Davi Bra

DE CORPO PRESENTE: FLÁVIO DINO REBATE BELEZINHA SOBRE INVESTIMENTO EM SAÚDE E AINDA QUER ASSUMIR A UPA

Durante cerimônia de inauguração de asfalto aplicado no município com emendas da deputada Dra. Thaiza, o governador Flávio Dino respondeu os ataques que a prefeita Belezinha fez contra ele no início da semana. A gestora havia afirmado em pronunciamento oficial que ainda não teve ajuda do governo do estado para cuidar da Saúde em Chapadinha nos seus primeiros meses de administração. Relembre: No seu discurso, a deputada Thaiza já havia criticado a gestão municipal por Chapadinha ter tido o maior número de óbitos por Covid no estado, mas Belezinha tentou evitar polêmica. Tigrona na internet, ela virou tchuchuca na frente do governador falando até em parcerias do estado com o município através do vice-governador Carlos Brandão. Veja: Flávio Dino estranhou a diferença de comportamento do mundo virtual para o mundo real. “Há pessoas que se transformam na internet. Elas na nossa frente são pessoas de bom senso, mas quando chegam na internet se transformam e se danam a mentir”: Mais a