Pular para o conteúdo principal

Alunos do IESB mandam seu recado


O Instituto de Educação Superior de Brasília (IESB) quer virar um Centro Universitário e a direção da instituição reuniu-se com representantes do Ministério da Educação que avisarem que, para isso, a instituição tinha de melhorar seu corpo docente.

Tentando se encaixar nas regras do MEC, o IESB demitiu obcenamente 69 professores na última quinta-feira. Foi a gota d'água para os alunos.

Depois de verem professores como Leandro Fortes, Luísa Guimarães e Fernando Grossi sendo demitidos mais 200 estudantes fizeram a maior manisfestação da história do movimento estudantil do DF numa faculdade particular. Vestidos de preto, entoando palavras de ordem, com narizes de palhaços e apitos ensurdecedores pararam o campus sul da instituição.

O diretora-geral do IESB, Eda Machado (foto), tentou deixar o local escondida, mas foi flagrada pelos estudantes, que impediram a saída do seu carro. Eda saiu do carro, encarou os manifestantes, saiu do campus a pé sem dar uma palavra e entrou numa Parati, já na via L2.

Já que estavam por ali os estudantes enterditaram a via para chamar a atenção dos motoristas que passam e daqueles que certamente chagariam, como chegaram, logo depois: A polícia e a imprensa. Os primeiros negociaram com manifestantes para que uma das faixas da via fossem liberadas e os segundos entrevistaram alguns estudantes.


Os mais exaltados na manifestação eram os estudantes que estão concluindo seu cursos e não tinham mais orientadores para seus Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), mas até estudante que não perderam professores estiveram presentes.

Os manifestantes exigem um pedido público de desculpas e a cumprimento de reinvidicações apresentadas no seguinte manifesto.



Fotos: Janaine Meira

Comentários

Kleber Vinicius disse…
Braga, presta atenção no que você escreve!

Com certeza essa não foi a maior manifestação estudantil em instituição de ensino particular.

Talvez seja pelo seu pouco conhecimento de movimento estudantil.

Ligue para qualquer pessoa que estudou no UniCEUB, quando eu era presidente do Diretório Acadêmico, e saberá que a manifestação promovida tinha mais de 1.200 estudantes.

Essa não chega nem perto da nossa.

O ano foi de 2.003.

O petista André Noblat estava lá e pode lhe confirmar. O Luciano, na época do PT, também.

Procure saber!
Anônimo disse…
hello... hapi blogging... have a nice day! just visiting here....

Postagens mais visitadas deste blog

DE NOVO: BELEZINHA TENTA COMPRAR CANDIDATO A VEREADOR E É DENUNCIADA À POLÍCIA

Dinheiro entregue à Polícia Festejada nas redes sociais pela ex-prefeita Belezinha e seus partidários, a adesão do candidato a vereador Lucídio se revelou mais um escândalo que abuso de poder econômico. Anúncio de adesão pela manhã Horas depois do anúncio, Lucídio registrou Boletim de Ocorrência acusando a coligação adversária de lhe ter entregado R$ 5 mil para ele se deixar fotografar ao lado da candidata e apoiá-la. Ao registrar o BO, o candidato apresentou aos policiais o valor que lhe foi entregue, e áudios das conversas entre ele e intermediários da ex-prefeita. Num deles o conhecimento da candidata sobre as negociações é confirmado. A versão foi confirmada por uma testemunha que presenciou a entrega do dinheiro. Após perícias as provas deverão ser encaminhadas para o Ministério Público Eleitoral e nova denúncia de abuso de poder econômico deve ser apresentada contra a candidata. Denúncia feita à tarde Belezinha responde no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ação semelhante p

PACIENTES E PROFISSIONAIS DA SAÚDE RELATAM COLAPSO NA UPA DE CHAPADINHA

Os últimos dias têm sido de exaustão para quem está trabalhando na linha de frente do combate à Covid em Chapadinha. Profissionais da UPA relatam que a unidade entrou em colapso, os leitos estão lotados, pacientes aguardando nos corredores e os funcionários se sentindo impotentes diante o quadro. “Imagina o que é você se doar, prestar um serviço, ver gente morrendo todo dia e as pessoas continuarem suas vidas aglomerando”, desabafou um deles em rede social. Com quadro reduzido de funcionários, os servidores buscam fazer o que é possível, mas as dificuldades estão aumentando num grau insuportável. Enquanto isso pipocam nas redes sociais fotos e vídeos de pacientes e acompanhantes denunciando os problemas que estão enfrentando, principalmente com falta de médicos para atender a demanda crescente. A escala publicada pela Prefeitura mostra o quanto tem sido exigido dos profissionais. Apenas um médico por dia, sendo ora Dr. Kingsley Ifly, que na mesma data atende no HAPA , ora o Dr. Felipe

EXPOSTA A MÁQUINA DE COMPRA DE APOIOS DE BELEZINHA

Quem dizia que já estava com a eleição decidida abriu a carteira para tentar vencer na força do dinheiro.  O Blog do Alexandre Pinheiro publicou uma séria de mensagens e áudios envolvendo personagens da campanha da ex-prefeita Belezinha que explicam as últimas declarações de apoio à candidata. Leia aqui a matéria. Só sorrisos Denunciada à Polícia por ter tentado comprar o apoio do candidato a vereador Lucídio Santos por R$ 5 mil, Belezinha tem alegado ter sido alvo de uma armação, mas os diálogos expostos agora comprovam que a iniciativa de negociar com ele partiu de um dos seus partidários presente na foto que anunciava a adesão de Lucídio. (Áudios no final deste texto) Nos áudios o candidato chega a descartar a possibilidade de acordo (vídeo 1), mas o articulador Aluízio Santos insiste em conversar pessoalmente e noutro momento Lucídio aparece agradecendo a Shicleiton Sousa (vídeo 2) pelos R$ 5 mil posteriormente entregues à Polícia. Sem imagens e com áudio de pouca qualidade,