Pular para o conteúdo principal

Só eles


De um amigo da faculdade ao comentar a decisão dos professores do DF de entrar em greve por o governador Arruda não cumprir o acordo de reajustar os salários da categoria de acordo com o reajuste do Fundo Constitucional:

"Mas também... Só os professores e o Paulo Octávio acreditam em acordo com o Arruda".


Foto: Agência Brasil

Comentários

Kleber Vinicius disse…
Braga, você é um bandido. Deixe de puxar o saco dos caras. Você parece um petista cego. Não percebe que o governo Arruda, assim como o governo federal, não tem condições financeiras de arcar com qualquer encargo salarial. Onde está a sua prudência? Veja as coisas com mais imparcialidade! O mundo está em crise. Ainda não percebeu? As arrecadações estão cada vez menores. Esse reajuste poderá, se fosse concedido, implicar num extremo desemprego. Raciocine, por favor! Quando o governo Lula não cumprir a sua palavra em não reajustar o salário dos servidores federais, espero que você faça críticas e fale mal do governo dos petralhas também.
Ana Helena disse…
Não acho que o Braga seja bandido. Muito pelo contrário. Ele tem consciência dos seus atos. Puxa saco? Claro que não, ele fala o que pensa. Amigo do Zé Dirceu? Nem pensar, ele é totalmente contrário o Zé Dirceu, inclusive, ele já propôs a saída desse mensaleiro. :=)

Forç@ Br@g@!!
Eduardo Braga disse…
Kleber,

O governador firmou acordo com os professores que reajustaria os seus salários de acordo com o aumento do fundo constitucional. Se o aumento o repasse do fundo para o GDF, os salários dos professores também tem que aumentar. Não dá pra usar a crise como desculpa pra tudo.

E nunca me propus a ser imparcial. Não sou, nem quero ser.



Ana Helena,

Não diria que sou puxa-saco, mas reafirmo aqui minha admiração pelo Zé Dirceu (que nada tem a ver com o assunto deste post).

Postagens mais visitadas deste blog

O que não te disseram sobre a "farra dos contracheques"

Enquanto a gritaria tomava conta das redes sociais, me dediquei a estudar a folha de pagamento da Prefeitura de Chapadinha e verifiquei alguns dados que precisam ser esclarecidos.
Primeiro, nenhum vigia “recebe” R$ 6 mil. O presente do indicativo é usado para demonstrar ação continuada. E o vigia Marcelo Costa Abreu, segundo este mesmo Portal da Transparência que serve de fonte para pinçar informações pela metade e causar alvoroço, tem um salário de R$ 1.247,50. Nos meses de Setembro e Outubro ele recebeu gratificações para compensar outros serviços que ele teria prestado à administração municipal, segundo relato dele mesmo em áudio que circula nos grupos de WhatsApp.
A realização destes trabalhos deve ser atestada, mas essa checagem desmonta a tese segunda qual ele receberia um grande salário para dividir com um ex-prefeito e um vereador.
Outro dado que tem aparecido de maneira muito distorcida é a lotação de todos os servidores como funcionários do gabinete do prefeito. Na verdade…

EM PRIMEIRA MÃO: EX-PREFEITA PERDE O MANDATO DE DEPUTADA

Durou pouco a passagem da ex-prefeita Ducilene Belezinha (PL) na Assembleia Legislativa do Maranhão. Ela havia sido empossada no cargo de deputada estadual no mês passado devendo favor ao deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) que determinou que a esposa, Detinha (PL), saísse de licença. Ocorre que Belezinha foi apenas a quinta suplente da coligação, e sua a posse dependeu do falecimento de um deputado e a nomeação de três parlamentares no secretariado do governador Flávio Dino, mas um deles voltou ontem (6) para o legislativo, aliás, uma secretária: Ana do Gás (PCdoB).
Parlamentar com votação expressiva em Chapadinha na eleição de 2014, quando teve o apoio do hoje prefeito Magno Bacelar, a comunista ocupava a Secretaria de Estado da Mulher, mas decidiu reassumir o mandato de deputada levando a ex-prefeita de volta à condição de suplente.Festejado com carreata organizada por seus apoiadores com pouquíssima participação popular, o mandato de Belezinha na Assembleia durou 13 dias.…

ORINALDO ANUNCIA ROMPIMENTO COM MAGNO E APOIO A HIGOR ALMEIDA

O ex-vereador Orinaldo Araújo, esposo da vereadora Missecley, gravou hoje mensagem para anunciar seu desligamento do grupo político do prefeito Magno Bacelar.Ao lado de três dos seus quatro filhos Orinaldo afirmou que ainda não conversou com o Higor Almeida, mas apoiará sua candidatura. “É o que candidato que representa realmente aquilo que a gente pensa, aquilo que a gente quer pro nosso município”, afirmou.Havia chamado a atenção do meio político as ausências de Orinaldo e Missecley do primeiro comício de campanha do prefeito, realizado no bairro em que eles moram e têm forte base eleitoral.A insegurança jurídica da candidatura do prefeito e o forte desgaste apresentado nas pesquisas de opinião devem gerar novas adesões nos próximos dias.